Aventuras Maternas

10 formas de ensinar seu filho a proteger a Terra

TerraPoluição das águas, mudanças climáticas, exploração de recursos naturais, desmatamento das matas, efeito estufa, guerras pela posse da terra… Que planeta vamos deixar para os nossos filhos? O Dia Internacional da Terra é uma data de muita importância para nos lembrar que é hora de mudar todo o processo, educar nossos pequenos de forma diferente, promover algo significativo para transformar o futuro do planeta. Temos a responsabilidade coletiva de promover a harmonia com a natureza em um tempo em que a Terra parece sem chances.
Somos a maior ameaça ao nosso planeta, à nossa casa. E apenas nós mesmos podemos resolver isso!
Abaixo, 10 maneiras de ensinar nossos filhos a respeitar a natureza brincando:

lupa1 -Pequenos exploradores:
Usando uma lupa, você e seu filho podem explorar o jardim e seus pequenos animais, como: formigas, lagartas, joaninhas, as plantas e flores. Chame atenção para os detalhes, como cores e formas. E não mate nenhum bichinho, aproveite para ensinar que local de animal é livre na natureza. “Todos os bichinhos têm mamãe e papai esperando por eles na toca”, é o que sempre digo para ele. E esta preocupação acaba ficando inserida na cabeça deles.

brinquedos-reciclados-criancas-embalagem-plastica-pregador-roupa-52 – Crie brinquedos recicláveis
Garrafas Pets, caixas de papelão, rolos de papel higiênico, pneus, jornais. Muitos recursos podem ser reaproveitados e transformados, ensinando a nossas crianças que não é preciso extrair mais do planeta.

puçás3 – Pesque lixo

Com uma rede de pesca ou puçá, não retire peixes da água para passar tempo. Retire o lixo. Brinque com seu filho de coletar plásticos, isopor e outros objetos na superfície da água. Ganha quem pegar mais.

hortinha4 – Faça uma hortinha caseira

E deixe que seu filho se responsabilize por ela. Mostre como é o cultivo, a rega e a poda e deixe que ele se torna o responsável por manter as plantas verdinhas e crescendo. Mesmo que eles se frustrem caso a planta não sobreviva, isso acaba sendo bom para aumentar o senso de preocupação com a natureza.

Crianca-Grama5 – Use os 5 sentidosNum parque, trilha ou jardim, peça ao seu filho que feche os olhos e coloque a mão sobre a grama, sinta o cheiro das flores, prove frutas, ouça o barulho dos pássaros. Conecte-se à natureza.

banho6 – Economize água

Na hora do banho, desligue o chuveiro enquanto ensaboa o corpo, e a torneira da pia enquanto escova os dentes. Como criança ama água, comprei uma daquelas bolsas-balde gigantes e faço um mini banheira com a água suficiente para a primeira parte do banho. Já com o sabão, ligo novamente a água apenas para enxaguar o corpo por 30 segundos.

caixa organizadora-0017 – Faça um troca troca de brinquedos ou doe. A maioria dos brinquedos leva plástico, o material que demora mais tempo para ser dissolvido no ambiente. Então promova um encontro entre crianças para que elas troquem entre si ou leve seu pequeno para doar pessoalmente para quem precisa. Isso vai fazê-lo entender o porquê doar e fazer isso de boa vontade, afinal crianças costumam ser apegadas aos brinquedos.

Children on bikes

Children on bikes

8 – Invista nos passeios de bike em família. Ensine seu filho a andar de bicicleta desde cedo e aponte como esse transporte traz benefícios: é divertido, é fresco, não tem trânsito, não despeja fumaça no ambiente, não tem que abastecer para andar e dá para escolher caminhos mais bonitos durante o passeio.

Prato-Menininha9 – Estimule a ingestão de produtos naturais: legumes, frutas e verduras e ensine seus benefícios para o corpo. Mostre para seu filho que o benefício de cuidar da natureza é colhido para nosso próprio benefício.

Kids-picnic-table-288x23610 – Faça piqueniques, como forma de incentivar a vida ao ar livre e a conexão com a natureza. Mas não leve descartáveis! Leve seu próprio copo, guardanapos de pano e recolha todo o lixo no final do dia.

O mais importante é que as crianças entendam que se cada um fizer sua parte já teremos meio caminho para um planeta mais saudável.

                                             

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *