Aventuras Maternas

Mãe empreendedora cria bike de comidas integrais

13178667_1539239903050583_5507904535156694285_nUm dos grandes dilemas das mães é se dividir entre o trabalho e os cuidados e atenção com os filhos. Acordar, arrumar as crianças, se vestir, levar para a escola, partir para o trabalho, voltar, dar comida, banho e colocar para dormir. Resumidamente, a vida daquelas que trabalham fora é assim. Maridos ajudam, é claro, mas as mães acabam, na maioria das vezes, absorvendo a maior parte do trabalho. Afinal, se os filhos querem aquele aconchego materno antes de dormir, por exemplo, como dizer não?

Mas uma enorme parcela desse grupo, das mães que trabalham fora, resolveu virar o jogo e pensar em uma forma de unir o trabalho, as tarefas com os filhos e prazer. Sim, porque é preciso ter muita vontade e prazer para manter a rotina de mãe e profissional com bom humor, entusiasmo e qualidade. E isso foi o que fez Cristiane Moreira, de 39 anos . Profissional de Educação Física e especialista em musculação, ela é mae de Lucas, de quatro anos.

Dona da Seu Estilo Food Bike, uma empresa que comercializa alimentação integral e fit, a ideia de abrir o próprio negócio surgiu de forma natural, já que era ela sempre a responsável pelos pratos servidos nas reuniões com amigos em sua casa ou na casa deles. “Eu fazia todo o cardápio com pizzas, rocamboles, saladas e comidas e os elogios vinham de todos os lados. Daí, surgiu a oportunidade de revender em uma cantina de academia e pensei na linha fit e integral. E aí, como meu marido tem uma empresa que customiza bicicletas, veio a ideia de fazer as entregas de bike. Abrimos em março deste ano e vendemos, em média, 400 produtos por mês.”, explica Cristiane.

Pedro, o marido, foi o maior incentivador. Analista de sistemas, largou tudo para abrir um estúdio de personalização e pintura de bicicletas, a Seu Estilo Bicicletas. “Ele obteve êxito e começou a me estimular a largar as academias, porque o número de pedidos era cada vez maior e normalmente apareciam na hora em que eu estava dando aula. Conversei com uma consultora do SEBRAE, que me disse que este conflito não poderia acontecer e que teria que fazer uma escolha em algum momento. Então escolhi as comidas integrais e minha família por perto.”, analisa.

Ela conta que antes da Seu Estilo Food Bike, tinha uma rotina bastante irregular, com uma carga horária pesada, o que acabava impossibilitando, muitas vezes, que ficasse com Lucas e o marido como gostaria. Saindo de casa às 6h, muitas vezes retornava depois das 22h. “As vezes eu pegava o Lucas na escola no fim da tarde já muito cansada, e outras só o via na hora de dormir. Fora quando trabalhava nos finais de semana. Comecei a perceber que ele estava com um comportamento agressivo e fazendo muitas birras. Além disso, ele começou a questionar porque eu passava tanto tempo no trabalho. Então, vi que ele precisava de mim sem estar exausta, que ele precisava da mãe para levá-lo na escola, brincar e educá-lo.”, complementa.

Assim, a culinária, que já era um dom natural, tomou forma de negócio para toda a família. Diariamente, Cristiane faz um cardápio já pensado no dia anterior. Tudo fresco e saudável, de acordo com os princípios do negócio. Além das encomendas já pedidas com antecedência, sempre faz um excedente, pois alguns clientes pedem em cima da hora, e o objetivo é atender a todos. A entrega fica por conta do marido, Pedro, que leva, de bicicleta, os pedidos a casa das pessoas. “Cobramos uma taxa mínima de entrega e, por enquanto, só conseguimos atender a Grande Tijuca e adjacências. Mas o objetivo é entregar em todo o Rio de Janeiro. Já participamos de alguns eventos, temos outros agendados e estamos montando uma Food Bike incrementada e personalizada para atender a essa nova demanda. Também procuro sempre lançar algo novo. Agora, por exemplo, temos comidas típicas de festa junina fit e outras coisas.”.

Apesar de amar sua profissão e sentir muitas vezes falta do dia a dia nas academias, ela só enxerga benefícios nessa troca, especialmente por conta do Lucas. “Teve um dia que foi muito especial e vi que estava fazendo a coisa certa: a professora da escola me chamou para uma conversa e disse que depois que mudei minha rotina com ele, Lucas havia se tornado mais comportado, obediente e menos agressivo. Vejo que meu filho tem curtido muito, lava as frutas, pega as coisa as coisas na geladeira quando preciso.”, conta, feliz.

Se valeu a pena? Cristiane não tem dúvidas: “ Só vejo coisas boas. Gosto muito de cozinhar, de ter um bom relacionamento com os clientes. Continuo acordando cedo e tenho trabalhado bastante e é preciso muita disciplina para o home office. Agora, como trabalho com delivery, preciso estar em casa todos os dias nos horários de entrega. Isto prende um pouco, mas vamos nos adequando. Nada que mude os planos que tracei com meu marido para o nosso futuro e para a felicidade do nosso filho. Afinal, qualidade de vida é aliar o bem-estar familiar e profissional, sem deixar que um prejudique o outro.”. finaliza.

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *