Aventuras Maternas

Recreação à moda antiga: educativa e divertida

05-1Para a festa de 5 anos do meu filho, recebi uma série de pedidos especiais em relação à recreação. Ele queria plantar e criar brinquedos ecológicos com os amigos e também que tivesse uma contação de histórias que incentivasse a todos a cuidarem melhor da natureza.

Pesquisei bastante e cheguei à Ludicidade, uma empresa de recreação com foco educativo e um trabalho bem diferenciado. A Roberta, criadora desse projeto de recreação veio até nós para fazer uma entrevista de tudo que meu pequeno esperava para o grande dia e explicou que sua proposta é fazer uma recreação que resgate as brincadeiras antigas. Exatamente como queríamos. Diversão simples e com sorrisos.

“Nossas atividades acontecem, sem obrigar a criança em estar conosco, de forma insistente sendo até desagradável sem competições ou gritaria. Elas se aproximam automaticamente, ao perceber que temos brincadeiras diferenciadas”, ela contou.

Com profissionais capacitados em diversas áreas, sempre respeitando o interesse das crianças nas brincadeiras, eles buscam personalizar as atividades de acordo com o espaço disponível, faixa etária e tema da festa. Entre as opções de serviços estão: a Confecção de brinquedos de sucata, gincanas, fantoches, oficina de cupcakes, de jardinagem, bandinha de música, brincadeiras com Boneca de pano, personalização de letras em madeira, brincadeiras para festa do pijama e os tradicionais tatuagem e bola mania, que não podem ficar de fora das festas dos pequenos.

Para casa, as crianças levam recordações de muitas brincadeiras clássicas da infância como “chicotinho queimado”, vasinhos de garrafa pet com plantas, a inicial do nome customizada e o que mais produzirem durante a festa.

15338734_913620678773383_285074789832097084_n 14705911_887056428096475_4828445018334067792_n14563475_871244939677624_3164226278956874497_n

 

 

 

 

Serviço:
Ludicidade Festas
ludicidadefestas@gmail.com
Tel: 21.9869 -0630 / 21. 9832-0579

 

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *