Aventuras Maternas

Acessórios no berço, na cama e no quarto das crianças

Banco de Imagens

Protetores de berço, almofadas, cortinas e carpetes combinando com o tom da pintura e bichinhos de pelúcia no quarto das crianças é lindo! No entanto, pode ser um dos gatilhos para crises respiratórias e até alergias atópicas. não querendo jogar um balde de água fria nos futuros papais e na decoração do quarto das crianças, a médica Fernanda Bombarda explica o que pode acontecer quando não são tomados os devidos cuidados com o uso e abuso de acessórios nos ambientes, em especial para aqueles que são alérgicos e ou apresentam sintomas de doenças respiratórias.

Uso de protetores nos berços:

Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, o uso de protetores, almofadas e bichinhos de pelúcia dentro do berço podem apresentar riscos à saúde e bem-estar dos bebês, especialmente por limitarem a circulação de ar, acumularem pó e sujeira, que facilitam o desenvolvimento de doenças respiratórias e alérgicas. Ainda favorecem para sufocamento e, infelizmente, também pode ter relação com casos de morte súbita de lactente (morte sem motivo e ou diagnóstico de doenças).

Cortinas:

Este acessório é lindo e dá um toque especial na decoração. O seu uso não é totalmente proibido, mas merece cuidados especiais para evitar doenças. As cortinas devem ser lavadas, se possível, uma ou duas vezes ao mês. Dê preferência para tecidos leves e de fácil remoção. Evite uso de papel de parede e ou em tecido que acumulem pó e ácaros. O quarto deve ser arejado, portanto, as cortinas não podem impedir a entrada e saída do ar. Manter a luminosidade e tranquilidade visual (harmonização do ambiente) é fundamental para garantir a saúde física e emocional do bebê e das crianças.

Carpetes:

As recomendações são as mesmas das cortinas para a lavagem dos carpetes. Se possível, use-os somente se necessário e ande descalços sobre eles para não contaminar com bactérias e fungos trazidos pelos calçados. Cuidado com dobras e volumes para evitar quedas e tropeços. Manter a segurança das crianças, assim como dos pais, é muito importante. Existem tapetes e carpetes que se assemelham a borracha e ou plásticos hipoalérgicos com temas e cores apropriados para quartos infantis.

Bichos de pelúcia e afins:

Muito mais do que a decoração perfeita, pense antes na saúde de suas crianças. Geralmente, os bichos de pelúcia e acessórios afins costumam acumular pó, sujeira e até ácaros. Portanto, quanto menos, melhor. O quarto das crianças não precisa ser isento de tudo, mas precisa estar sempre limpo e com poucos objetos para garantir um ambiente arejado e hipoalérgico. Pergunte ao seu médico pneumologista e ou pediatra sobre as dicas seguras de um quarto infantil.

Informações: Assessoria de Imprensa

 

 

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *