Aventuras Maternas

Você sabe como prevenir a obesidade infantil?

A obesidade infantil vem se tornando motivo de preocupação em todo o mundo e já é considerada uma das doenças crônicas mais prevalentes nos consultórios pediátricos. Ocorre tanto em regiões urbanas como rurais e em países desenvolvidos e em desenvolvimento. De acordo com Wylma Hossaka, pediatra da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, todo evento que acontece com o indivíduo na vida intrauterina e na lactação pode ter repercussões na vida adulta. Isso é chamado de programação metabólica e é um dos eventos responsáveis pelo desenvolvimento da obesidade infantil.

Durante a gestação é possível checar a predisposição das crianças para a obesidade na vida adulta e as consequências como diabetes e hipertensão. “As condições pré-natais como obesidade materna e/ou ganho de peso materno excessivo na gestação são fatores de risco para diabetes e obesidade. Além disso, bebês pequenos no nascimento, com baixa estatura e ganho de peso excessivo no primeiro ano de vida têm mais chance de se tornarem obesos na vida adulta”, afirma a médica.

E para prevenir a obesidade infantil seguem quatro dicas da especialista da BP:

1 – Aleitamento materno: o aleitamento materno protege contra a obesidade e para cada mês que o bebê é amamentado após o sexto mês de vida há um aumento de 4,5% na chance de não ser obeso na vida adulta. Cabe aos pediatras observar os fatores predisponentes, monitorando o ganho ponderal e orientando na alimentação dos pequenos, pois é na primeira infância que se criam as primeiras memórias do paladar. “Essas memórias fazem com que as crianças apreciem mais alimentos que tiveram contato nesse período, levando a hábitos alimentares mais saudáveis”.

2 – Prática de exercícios físicos: familiares e escolas devem estimular a socialização com brincadeiras, além de atividades físicas e esportivas para que desde cedo as crianças tomem gosto, levando o hábito para a vida.

3 – Introdução alimentar correta: a introdução alimentar é um dos fatores de sucesso contra a obesidade. É fundamental evitar a oferta precoce de alimentos indevidos para a idade como açúcares antes dos dois anos.

4 – Cuidado constante com a alimentação: oferecer uma alimentação balanceada, rica em legumes e vegetais e não ingerir fast-food, frituras, doces e bebidas calóricas é imprescindível para evitar a obesidade infantil.

Informações: Assessoria de Imprensa.

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *