Aventuras Maternas

Impressão de amor

A história de Joanna Terin não começou após o nascimento do seu filho Tom e não é um típico case de empreendedorismo materno. Mas diante da forma e do tempo em que tudo aconteceu, poderia ser, já que o lançamento da marca, que já era pensada há algum tempo, coincidiu com a data em que descobriu que estava grávida, dia 18 de outubro de 2015.

Criadora da Print Love e festeira que só, a ideia de dar vida às fotos de sua festa de aniversário foram o primeiro passo para o negócio, que, hoje, tem entre os principais clientes, as famílias com filhos, ávidas por guardar cada pedacinho do crescimento de seus pequenos em páginas repletas de texturas, recordações, mensagens e muito design.

Com a chegada do pequeno Tom, os álbuns que nasceram para guardar registros de festas dos clientes, se tornaram também livros especiais que eternizariam cada pedacinho da história de seu pequeno. “Quando Tom chegou, transformou tudo a nossa volta: foram muitos posts de madrugada, que sempre eram acompanhados por mães que, com o tempo foram, se tornaram clientes e amigas”, conta Joanna, que se considera, sim, uma empreendedora materna, já que seu negócio aconteceu junto com a sua gravidez e sempre contou com a ajuda de outras mães para seguir em frente.

Um dos maiores estímulos para Joanna seguir em frente parte da marca especial que cada PhotoBook criado pela PrintLove deixa em seus clientes. “A escolha das fotos é feita por cada pessoa, por meio de uma plataforma em que é possível selecionar as fotos que deseja eternizar. Essas imagens podem ser colhidas pelo celular, computador, Instagram ou Facebook e o resultado é um livro com acabamento sofisticado e design minimalista, com três diferentes templates e dois formatos que foram pensados para agradar todo tipo de perfil de cliente”, pontua.

Além dos books, os ímãs em formato de Polaroid também são uma opção cheia de charme, muito usados para presentear, para fazer um Save the Date, para dar como lembrança de festa infantil ou, ainda, para preencher a geladeira ou uma parede imantada com registros fofos de toda a família.

“Tenho um orgulho absurdo da empresa que criei, e estou conseguindo unir esses meus dois lados: ser gestora da Print Love e mãe desse ser humano incrível que estou criando, o Tom. Eu sei que não é fácil e nunca vai ser, mas nada vai me tirar do caminho dessa jornada, vendo bem de pertinho meus ‘dois filhos’ crescendo”, finaliza.

 

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *