Aventuras Maternas

Aventuras na Disney

20150117_084933(0)-1-1Tinha me esquecido como é bom tirar um momento longe de tudo, para refletir, revigorar, fortalecer! E voltar a ser criança deu um sentido ainda mais especial. Sem regras, simplesmente sorrir, pular, me encantar.

A magia da Disney me transformou na Agnes (Meu Malvado Favorito) que ao ver um bichinho de pelúcia pulou, gritou e fez de tudo para tê-lo. E quando conseguiu, o agarrou como se fosse esmagá-lo; Eu me senti a Princesa Ana (Frozen) no dia em que abriram os portões do Castelo e ela pode se sentir livre; Me encantei como Harry Potter ao andar pela primeira vez no Expresso de Hogwarts e ver a magia da escola dos bruxos; Senti a adrenalina de lutar ao lado do Homem-Aranha e contra os Decepticons em Transformers; Chorei ao ver os fogos no Castelo da Cinderela e me senti como uma princesa em dia de baile.

Essa viagem à Disney foi realmente reveladora. Foi a realização de um sonho de infância. Depois de tudo isso, é impossível não se sentir pura, livre e energizada. Pronta pra começar mais uma jornada de trabalho-filho-casa.

É incrível ver os olhos das crianças brilhando, alegria explodindo e a magia dominando seus corações. Por isso, vamos tentar relatar aqui as melhores dicas, brinquedos e passeios para esse roteiro, além das maiores furadas. Vale lembrar que cada roteiro deve ser avaliado de acordo com a idade e gosto.

11094707_914574435267443_91414616_n

Magic Kingdon

Local ideal pra encontrar a turma do Mickey e viver a magia das Princesas. Aqui, aconselho ir mais de um dia. Esse é um dos maiores parques do complexo, você perde tempo nas filas e, mesmo que consiga fazer tudo, fica exausto a ponto de não conseguir ver o show de fogos e a parada noturna.

Todos os dias é possível ver personagens passeando e tirando fotos com os visitantes. Se você chegar cedinho, pode conseguir tirar todas as fotos sem grandes filas. Vale lembrar que a fila é um fato inevitável, inclusive nessas horas. Para evitar as filas você pode recorrer ao FastPass (um fura fila), que você pode agendar 30 dias antes da viagem (se estiver com os ingressos na mão). Você tem direito de utilizar o FastPass em três atrações e para isso precisa agendar horário. Eu resolvi não optar por ele. Não queria ter o estresse de fazer tudo correndo por causa de horário agendado, vai que fico mais tempo do que o previsto em uma fila e perco o horário do FastPass? Mais informações entre no www. disneyworld.disney.go.com/pt-br/

20150117_10515620150117_105123

DICAS GERAIS

As dicas que demos aqui foram de atrações que fomos e achamos que vale a pena. Claro que existem muito mais, você pode conferir no site da Disney ou no próprio guia que é entregue no local. Dependendo do interesse você pode gostar deles.

– Sempre evite programar sua visita ao Magic Kingdom em uma segunda-feira
Por ser o principal parque do complexo, a maior parte dos turistas que chega em Orlando no domingo ou na segunda opta por ir ao Magic Kingdom no primeiro dia de suas viagens, ou seja, o parque fica bem mais cheio do que os outros.

– Percorra o parque no sentido anti-horário
Assim como em outros parques, a massa de turistas sempre percorre os mapas no sentido horário. Em outras palavras, se você começar o parque pelo seu lado direito de quem olha para a frente do castelo da Cinderella e percorre-lo no sentido anti-horário, suas chances de pegar filas pequenas são bem maiores. Lembrando a ordem das regiões para percorrer no sentido anti-horário: Tomorrowland > Fantasyland > Liberty Square > Frontierland > Adventureland.

– Chegue antes do parque abrir e com seus Fastpass+ reservados
Normalmente o parque abre às 9h, mas para quem está hospedado nos hotéis da Disney a entrada começa 1h antes. Cheguei às 9h e o estacionamento já estava cheio de carros. Por isso, chegue antes. Ah!!! Importante! Grave onde você estacionou o carro. Lá você não coloca onde quer, é muito organizado. E cada área é de um personagem, então grave ou fotografe, assim não ficará perdido. O mesmo vale para todos os parques.20150117_08535520150117_090327

– A água é de graça!

Se você quer economizar, leve a sua garrafinha. Em todos os parques existem bebedouros que você pode se abastecer de água.

– Refil de refrigerante

Você pode pagar cerca de US$ 13 em um copo gigante de refrigerante e reabastecer de graça nas “ilhas” de Coca-Cola Freestyle espalhadas pelos parques. Vale lembrar que cada parque tem seu esquema de refil e se você pretende voltar ao parque que comprou o copo, e tentar reabastecer, esqueça. O danado tem um chip que te impede de pegar refri de graça novamente. Você tem que pagar mais uns US$ 6 pra ter acesso liberado por mais um dia.

Main Street

IMPERDÍVEIS

– Disney Festival of Fantasy Parade: a mais nova ‘parada das 15h conta com os personagens principais de dezenas histórias e filmes da Disney, dos mais antigos como Cinderella aos mais novos como Frozen. As paradas da Disney são parte integrante do Magic Kingdom e, na minha opinião, imperdíveis.

– Magic Kingdom Electrical Parade: a parada noturna é outro clássico em uma visita ao Magic Kingdom, mas não ocorre todos os dias em certas épocas do ano (veja o calendário no site).

– Wishes nighttime spectacular: este é o famoso e tradicional show de fogos noturno do Magic Kingdom. Muita gente cai na besteira de sair correndo do parque antes do fim do dia para evitar as filas no estacionamento, ou ainda pra fazer compras e com isso, acaba perdendo esse show que, na minha opinião, vale o preço do ingresso por si só.

961707_914575815267305_1187653192_n11074807_914575825267304_1872662671_n20150117_09301720150117_093027

ONDE COMER

Com o dólar alto, a palavra de ordem é economizar. Tudo dentro dos parques é mais caro. No meu primeiro dia, fui correndo para o iHop para comer aquelas pilhas de panquecas com calda de morango. Era meu sonho! Foi delicioso, gastei R$ 17, incluindo um suco de laranja, café e a gorjeta. No dia seguinte fiz uma bela compra no Walmart e passei a tomar café da manhã no quarto do hotel. Economizei dinheiro e tempo.

Porém, se você quiser conhecer as opções dentro do parque, pare na Main St. Bakery, que fica do lado direito quase no final da Main Street, para comer um cookie com um chocolate quente ou um café. A Main St. Bakery agora é operada pelo Starbucks e traz diversos produtos do cardápio da rede para dentro do parque.

Outra dica, agora pro almoço (aí não tem como fugir), é comer no Casey’s Corner, eleito um dos melhores cachorros-quentes dos EUA. É bem diferente dos que temos aqui no Brasil, você pode escolher uma opção com chili e colocar muito cheddar no buffet de condimentos liberados, ao lado dos guardanapos/canudos. Vá também ao Ice Cream Parlor e escolha um sorvete (recomendo o sundae, com muita calda de chocolate).

Tomorrowland

É a região futurista do parque, a que fica mais vazia pela manhã e mais cheia de tarde. Ali se localiza o Cosmic Rays, a segunda maior loja fast food do mundo (a maior é um Mc’Donalds em Moscow) o que não significa ser o mais gostoso. Aproveite as atrações divertidas e a loja Mickey Star Traders, onde você encontra alguns itens difíceis de serem encontrados em outras lojas do complexo.

IMPERDÍVEIS

– Buzz Lightyear’s Space Ranger Spin: atração em que cada pessoa tem uma arminha e tem que atingir os alvos ao longo do caminho. No final, somam-se os acertos e cada um sai com uma pontuação.

– Space Mountain : montanha-russa no escuro bem tradicional no Magic Kingdom. Eu amei! Você não sabe o que esperar. Sacode o tempo todo e de repente cai. Detalhe, o tempo todo vi crianças de uns 6 ou 7 anos pra cima. Enfim, se elas podem, eu também posso!

– Monsters Inc. Laugh Floor: show de stand-up comedy muito engraçado, mas atenção: se seu inglês não é assim uma Brastemp, talvez você fique um pouco perdido. Além disso, fica um alerta para os tímidos: essa é uma daquelas atrações que convida algumas pessoas da plateia para participar.

Fantasyland

Essa é a região mais “Disney” do Magic Kingdom, o que significa que algumas atrações não vão agradar a população acima de 10 anos. Por outro lado, a Fantasyland passou por uma grande reformulação nos últimos anos e concentra uma boa parte das novidades do Magic Kingdom. As atrações mais populares dessa região são a nova montanha russa dos 7 anões e o Peter Pan’s Flight, uma atração bem tradicional e que por isso, tem filas gigantes. Para as duas, vale a pena segurar um Fastpass+.

IMPERDÍVEIS

– Seven Dwarfs Mine Train: essa é a atração mais nova do Magic Kingdom e por estar na Fantasyland, é recheada de atrativos que a tornam muito mais que uma simples montanha russa: existe uma história que é contada durante o brinquedo, os carrinhos tem um ‘swing’ que tornam a experiência mais divertida e até mesmo a fila é menos cansativa por conta de jogos interativos que a Disney colocou ali. Por ser a novidade, as filas tendem ser as maiores do parque pelos próximos anos.

– Mickey’s PhilharMagic: Confesso que eu e meu marido não demos muita bola. Só entramos por que estava sem uma fila aparente (digo aparente, porque quando entramos tinha uma ‘minhoca sem fim’, mas valeu muitoooo a pena. É mágico!

– Peter Pan’s Flight: essa atração foi projetada há muitos anos e é uma das originais de quando a Disneyland foi inaugurada na Califórnia. Ela ainda existe por lá e também nas Disneylands de Paris e Tóquio. É um passeio tradicionalíssimo pela história do Peter Pan e, na minha opinião, não sai de moda. As longas filas continuam me mostrando isso.

ONDE COMER

O restaurante Be Our Guest tem filas enormes no almoço, mas a espera vale cada minuto. A comida é boa, os preços são honestos, o sistema de serviço é bem diferente das outras lanchonetes e o cenário é muito bem feito. Você está literalmente comendo dentro do castelo da Fera, do filme A Bela e a Fera. E não deixe de reparar na janela que fica no fundo do salão principal, de tempos em tempos, começa a nevar “lá fora”!

Adventureland

Uma região bem curtinha do Magic Kingdom mas com boas atrações. Não consegui ir na atração do Piratas do Caribe, pois estava fechada. Mas dizem que é muito boa.

IMPERDÍVEIS

– Jungle Cruise: o passeio em si é bobinho, mas se você entender um pouco de inglês vai dar muita risada das piadas do motorista do seu barco (chamado de skipper) se ele ou ela forem bons. Quanto mais a noite fica, mais adultas e engraçadas as piadas são. Um show a parte.

– Pirates of Caribbean: tudo nessa atração é legal, da fila a saída. Apesar de não ter ido, a dica é sempre pegar o lado direito da fila, que quase sempre é mais vazio.

– A Pirate’s Adventure: Treasures of the Seven Seas: outro caça ao tesouro interativo no estilo Sorcerers of The Magic Kingdom. Aqui os participantes têm de derrotar os inimigos do Capitão Jack Sparrow por toda a Adventureland. Os dois avisos continuam: o jogo é totalmente em inglês e pode demorar horas para ser completado.

ONDE COMER

Uma sobremesa famosa da Adventureland é o Pineapple Float. Uma espécie de suco de abacaxi com sorvete de creme boiando em cima. Você encontra o Pineapple Float no Aloha Isle.

Frontierland

A Frontierland é a região “velho oeste” do Magic Kingdom e uma das mais populares do parque também. Aqui fica a Splash Mountain que molha todo mundo nos meses de calor. Aqui também passam as paradas e pode ser uma boa alternativa caso você não esteja próximo da bagunça da Main Street nessas horas.20150117_12070220150117_12335020150117_12335420150117_123403

ONDE COMER

Coma, por favor, a Turkey Leg, uma coxa de peru simplesmente gigante! Deliciosa e super temperada. Uma dessas e você não precisa mais almoçar.20150117_130349

Liberty Square

A menor região do Magic Kingdom tem seu charme.

11076069_914574885267398_673444551_n11015915_914574945267392_2080283867_n

IMPERDÍVEL

– Haunted Mansion: É um “trem fantasma” que, com certeza, você nunca foi no Brasil. É engraçado e dificilmente as crianças sentem medo. Ficamos impressionados com o realismo dos hologramas (ou projeções). Tem uma hora que nos olhamos no espelho e o fantasma estava sentado entre nós! Muito bacana!

10951917_914574671934086_71305921_n11076095_914574688600751_1243713790_n(1)10951942_914574725267414_711975401_n

Contribuição do Blog Vai pra Disney

                                 

Sobre o autor Ver todos os posts

samyleal

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *