Aventuras Maternas

Pense, reflita e seja feliz!!!

Imagem: Pinterest

Imagem: Pinterest

Na semana do Dia das Mães preparamos várias matérias, dicas, novidades e roteiros para deixar o domingo ainda mais lindo, inspirador e delicioso para nós (mães) e nossas mamães. Para abrir a semana separamos algumas dicas que são perfeitas para a reflexão, para nos livrarmos da culpa, do medo, da ansiedade, do estresse, enfim, para aprendermos a ser felizes a cada segundo, curtir cada momento e celebrar cada sorriso. Afinal, só quem é mãe sabe que esses sentimentos se misturam e se não aproveitarmos, ao abrir os olhos, vamos ver que tudo passa muito rápido e que perdemos momentos preciosos. Então, faça esse exercício com você mesma e veja como você é feliz e não sabe!

1. Se afaste de pessoas tóxicas e fique com quem realmente soma

Qual mãe nunca teve por perto pessoas invejosas ou aquelas chatas que criticam o tempo todo o modo como você cria seus filhos ou leva a sua vida!? Mesmo querendo o seu bem, essas pessoas são tóxicas, nocivas ao seu bem-estar e autoestima. Por isso, tenha ao seu lado pessoas de quem você gosta, que amam e apreciam você, e que o incentivam a melhorar de maneira saudável e estimulante. São aquelas pessoas que fazem você se sentir mais vivo, e não só aceitam quem você é agora, mas também estão de acordo e aceitam quem você quer ser, incondicionalmente.

2. Não fuja de seus problemas. Encare-os!

O dia a dia de uma mãe é digno de uma maratona. Roupa pra lavar, casa pra organizar, comida pra fazer… e mesmo tendo empregada e o filho na creche, você ainda tem o seu trabalho, problemas diários (contas pra pagar, banheiro entupido, encanamento estourado). Acreditem, mesmo com um marido, quem determina e gerencia tudo é você! Por isso, para não enlouquecer, não deixe que os seus problemas  definam quem você é, mas sim como você reage e se recupera deles. Os problemas não vão desaparecer se você não agir. Faça o que você puder, quando puder, e reconheça o que você fez. É uma questão de dar passos de bebê na direção certa, centímetro por centímetro. Estes centímetros contam, somam metros e quilômetros a longo prazo.

3. Não se engane, seja honesta com você mesma

Quando nos tornamos mães é natural deixarmos algumas coisas de lado – profissão, viagens, saúde, beleza, bem-estar. Tem pessoas que desejam se dedicar somente à maternidade e outras não. Só depende de você assumir o real papel da sua vida. Seja honesto sobre o que está bem, assim como sobre o que precisa ser mudado. Seja honesto sobre o que você quer alcançar e quem você quer se tornar. Seja honesto com todos os aspectos da sua vida, sempre. Porque você é a única pessoa que você sempre pode contar. Procure a verdade na sua alma, para que você realmente saiba quem você é. Quando você fizer isso, você terá uma melhor compreensão de onde você está agora e como você chegou aqui, e você estará melhor equipado para identificar onde você quer ir e como chegar lá.

4. Sua felicidade em primeiro lugar

Sabe aquela frase que sempre falam antes do avião decolar? “Em caso de despressurização, máscaras cairão automaticamente. Puxe uma delas, coloque-a sobre o nariz e a boca ajustando o elástico em volta da cabeça e depois auxilie os outros, caso necessário”. É isso mesmo! Se você desmaiar por falta de ar, quem vai ajudar seu filho? Suas necessidades importam. Se você não se valoriza, não se cuida e não se defende, você está se sabotando. Lembre-se, é possível cuidar das suas próprias necessidades e ao mesmo tempo cuidar das pessoas ao seu redor. E quando as suas necessidades forem atendidas, você provavelmente vai ser muito mais capaz de ajudar aqueles que precisam de você.

5. Seja você mesma!

Tentar ser qualquer outra pessoa é um desperdício da pessoa que você é. Seja você mesmo. Abrace essa pessoa dentro de você, que tem ideias, força e beleza como ninguém. Seja a pessoa que você sabe que você é – a melhor versão de você – do seu jeito. Acima de tudo, seja fiel a VOCÊ, e se seu coração não quiser fazer algo, então não faça.

6. Viva cada minuto do seu presente

O agora é um milagre. Agora é o único momento garantido para você. Agora é a vida. Então pare de pensar em como as coisas vão ser ótimas no futuro. Pare de ficar pensando sobre o que você fez ou deixou de fazer no passado. Aprenda a ficar no “aqui e agora” e experimentar a vida enquanto ela está acontecendo. Aprecie o mundo pela beleza que ele possui nesse momento.

7. Aprenda com os erros, eles nos ensinam muito!

Tudo bem errar. Os erros são os degraus do progresso. Se você não está falhando de vez em quando, você não está se esforçando o suficiente e você não está aprendendo. Assuma riscos, tropece, caia, e, em seguida, levante-se e tente novamente. Aprecie que você está se esforçando, aprendendo, crescendo e melhorando. Conquistas significativas são quase invariavelmente realizadas no final de um longo caminho de fracassos. Um dos “erros” que você teme pode ser apenas o elo para o seu maior feito na vida.

8. Não se maltrate tanto!

 Se você tivesse um amigo que falasse com você da mesma forma como, às vezes, você fala com você mesmo, quanto tempo você permitiria que essa pessoa fosse sua amiga? A maneira como você se trata estabelece o padrão para os outros. Você deve amar quem você é ou ninguém mais irá.

9. Aproveite o que você já tem!

O problema com muitos de nós é que pensamos que vamos ser feliz quando alcançarmos certo nível na vida – um nível que outros conseguiram. Você trabalha cada vez mais e mais para ter dinheiro e dar uma vida boa para os seus filhos, quando são bebês sempre anseiam pela próxima etapa do seu filho, enfim, queremos tudo rápido, depressa e não olhamos pro agora. Você vai acabar gastando toda a sua vida trabalhando em direção a algo novo, sem nunca parar para apreciar as coisas que você tem agora. Então, fique mais tempo na cama com seu filho quando você acordar, brinque com ele nos momentos livres, aprecie onde você está e o que você já tem.

10. Sua felicidade só depende de você!

Não coloque sua felicidade na responsabilidade de outra pessoa ou de uma situação! Sorria porque você pode. Escolha a felicidade. Seja a mudança que você quer ver no mundo. Seja feliz com quem você está agora, e deixe a sua positividade inspirar sua jornada para o amanhã. Felicidade é frequentemente encontrada quando e onde você decide procurá-la. Se você procurar a felicidade dentro das oportunidades que você tem, você acabará por encontrá-la. Mas se você constantemente procurar outra coisa, infelizmente, você vai encontrar isso também.

11. Não tenha medo de dar o próximo passo!

Você está pronto! Pense nisso. Você tem tudo que você precisa agora para dar o próximo passo adiante, pode ser pequeno, mas deve ser realista. Então abrace as oportunidades que surgem em seu caminho, e aceite os desafios – eles são presentes que irão ajudá-lo a crescer.

12. Comece novos relacionamentos pelas razões certas

Entre em novas relações com pessoas confiáveis​​, honestas, que refletem a pessoa que você é e a pessoa que você quer ser. Escolha amigos que você tem orgulho de conhecer, pessoas que você admira e que demonstram amor e respeito por você – pessoas que retribuem sua bondade e seu compromisso. E prestam atenção ao que as pessoas fazem, porque as ações de uma pessoa são muito mais importantes do que suas palavras ou como os outros a descrevem.

13. Você é seu maior desafio. Se supere!

 Seja inspirado pelos outros, aprecie os outros, aprenda com os outros, mas saiba que competir contra eles é um desperdício de tempo. Você está em competição com uma pessoa e apenas uma – você mesmo. Você está competindo para ser o melhor que você pode ser. Vise quebrar seus próprios recordes pessoais.

14. Todo lado negativo vem acompanhado de um positivo. Acredite!

Quando as coisas estão difíceis, e você se sente para baixo, faça algumas respirações profundas e procure o lado positivo – os pequenos sinais de esperança. Lembre-se que você pode e vai ficar mais forte quando esses tempos difíceis passarem. E permaneça consciente de suas bênçãos e vitórias – todas as coisas em sua vida que estão bem. Concentre-se no que você tem, não no que você não tem.

15. Comece a perdoar a si mesmo e aos outros

Todos nós fomos feridos pelas nossas próprias decisões e pelos outros. E enquanto a dor dessas experiências é normal, às vezes perdura por muito tempo. Nós revivemos a dor repetidamente e temos dificuldade em deixá-la ir. O perdão é o remédio. Isso não significa que você está apagando ou esquecendo o que aconteceu no passado. Isso significa que você está deixando de lado o ressentimento e a dor, e está escolhendo aprender com o incidente e seguir em frente com sua vida.

16. Olhe para o próximo!

 Se preocupe com as pessoas. Oriente-as se você souber um caminho melhor. Quanto mais você ajudar os outros, mais eles vão querer ajudá-lo. Amor e bondade gera amor e bondade. E assim por diante.

17. Comece a ouvir a sua voz interior

 Se isso ajuda, discuta suas ideias com as pessoas mais próximas de você, mas dê a você mesmo espaço suficiente para seguir a sua própria intuição. Seja fiel a si mesmo. Diga o que você precisa dizer. Faça o que o seu coração diz que está certo.

18. Afaste o estresse com pequenas pausas

Seu filho fez cocô na calça dentro do carro, no meio de um trânsito terrível, sem ter como parar o carro e resolver o problema?  Respire. Dê a você mesmo permissão para fazer uma pausa, reagrupar e avançar com clareza e propósito. Estas pausas curtas vão ajudá-lo a recuperar sua sanidade e refletir sobre suas ações recentes, assim você pode ter certeza que tudo vai dar certo e você vai achar o melhor caminho.

19. Valorize pequenos momentos

 Em vez de esperar que grandes coisas aconteçam encontre a felicidade nas pequenas coisas que acontecem todos os dias. Pequenas coisas, como o sorriso do seu filho pela manhã, tomar tranquilamente uma xícara de café, o delicioso cheiro e sabor de uma refeição caseira, o prazer de compartilhar algo que você gosta com outra pessoa ou ficar de mãos dadas com o seu parceiro. Perceber esses pequenos prazeres diariamente faz uma grande diferença na qualidade de sua vida.

20. Comece a aceitar as coisas quando elas não são perfeitas

Lembre-se, “perfeito” é o inimigo do “bom”. Um dos maiores desafios para as pessoas que querem melhorar a si mesmas e melhorar o mundo é aprender a aceitar as coisas como elas são. Às vezes é melhor aceitar e apreciar o mundo como ele é, e as pessoas como elas são, em vez de tentar fazer com que tudo e todos estejam em conformidade com um ideal impossível. Não, você não deve aceitar uma vida medíocre, mas deve aprender a amar e valorizar as coisas até mesmo quando elas não são perfeitas.

21. Comece a dizer mais como você se sente

Se você está sofrendo, dê a você mesmo o espaço e o tempo necessário para se sentir a dor, mas esteja aberto sobre isso. Converse com as pessoas mais próximas a você. Diga-lhes a verdade sobre como se sente. Deixe-os ouvir. O simples ato de desabafar é o seu primeiro passo para se sentir bem novamente.

                              

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

1 ComentárioDeixe seu comentário

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *