Aventuras Maternas

O que sonhamos para nossas vidas?

jumbo_confett balloon800Você já parou para pensar em como escolhemos o trabalho que exercermos pelo resto das nossas vidas cedo? Ainda adolescentes nos vemos diante do vestibular e de uma escolha que resultará na forma que vamos viver até envelhecermos. Mas será que isso nos fará felizes de verdade?

Aos vinte e poucos anos nossa geração agrega mais conhecimento que nossos bisavós por toda a vida e existem pesquisas científicas que já afirmam isso de fato, não é só “achismo”. Hoje ser “workaholic” não é mais um termo para designar um pequeno percentual de profissionais que dedica a maior parte do seu tempo semanal à carreira. Difícil é encontrar quem não faça isso.

Afinal, com internet e redes sociais controlando o espaço/tempo, não existe mais dia ou noite, ou carga horária de trabalho definida. Toda hora é hora. Porém, diante dessa submersão na vida profissional cada vez mais precoce, a maternidade também vem trazendo às mulheres, o retorno ao direito de sonhar, de acompanhar o crescimento dos filhos de perto, de se desobrigar de estar presa às tecnologias, e deixar de ver a vida passar diante dos olhos, para vivê-la de fato fazendo o que se quer e ao lado de quem se ama.

E é por isso que na última década as mães empreendedoras começaram a criar um novo espaço dentro do mercado de trabalho, onde sonho, família e carreira comungam da mesma vibração e colocam prazer e trabalho alinhados na balança.

Neste fim de semana tive o prazer de participar do Workshop das Comadres, um evento muito rico,  das mais diferentes formas, para as mães que vêem no sonho das festas de seus filhos, uma brecha para mudar de vida e reencontrar a chama transformadora _ aquela primeira fagulha_ para criar algo que possa provocar uma mudança primeiramente nas suas vidas, mas de uma maneira geral no mundo que conhecemos hoje.

Na primeira parte do encontro, as Comadres, Carol e Dani, contaram como transformaram suas vidas profissionais em algo que realmente as fizesse felizes. Uma economista e uma advogada, cada uma com três filhos, deram uma guinada de 180º para se sentirem plenas como mães e profissionais. Depois elas contaram sobre as últimas tendências no mercado de festas, que trouxeram da National Stationery Show, a maior feira de papelaria do mundo, emendaram com um delicioso almoço oferecido pela 2 Party and Eat, oficinas para criar uma identidade criativa nas festinhas e terminaram o encontro com três excelentes palestras sobre Marketing e Planejamento.

Mas foi a primeira parte do bate-papo que despertou em mim uma série de pensamentos sobre mim mesma. Fui para o Workshop pensando como jornalista que quer descobrir novidades para as leitoras do site e como mãe que gosta de preparar as festas do filho. Mas comecei a reconhecer em mim, os sintomas de Mãe Empreendedora que elas falavam. Não que eu queira criar um negócio de festas como a maioria por ali, mas sobre o que representa o Aventuras Maternas para mim.

Sou Jornalista, assessora de imprensa, e sempre atendi com a Sam clientes dos mais variados segmentos, incluindo Saúde. Sempre quis ser Jornalista, desde a infância, gosto de pesquisar, apurar e me aprofundar dos mais variados assuntos e amo escrever, porém pouco antes de prestar vestibular fiquei como uma séria dúvida entre a minha área e Medicina. Pensava se não seria perfeito se eu pudesse me tornar especialista em diagnósticos e me aprofundar em pesquisar sobre os mais variados tipos de doenças que acometem o corpo humano (uma espécie de Dr. House).

Hoje vejo que não daria certo. Amo trabalhar com saúde, mas investigar sobre os mais variados assuntos médicos me desperta um lado hipocondríaco também. Sou altamente impressionável e chego a sentir os sintomas que leio. Agora, imaginem viver investigando sobre isso para escrever? Era assim, à beira de um curto circuito de informações que eu estava pouco antes de engravidar.

Porém o Theo, ainda na minha barriga, me trouxe a solução. Minha mãe é cerimonialista e eu sempre fui apaixonada por festas. Chego a acompanhá-la aos fins de semana em algumas produções dela para dar meus pitacos na decoração, porque curto mesmo esse mundo dos sonhos que dura poucas horas, tem um extenso trabalho de bastidores, mas tem como maravilhosa consequência, sorrisos de emoção e lágrimas de alegria.

Para resumir, com o Theo na barriga, destinei as pesquisas científicas apenas ao horário em que eu realmente deveria trabalhar e preenchi meu tempo extra, no qual eu também estaria trabalhando, com as pesquisas que me fazem bem, trazem sorrisos e  carregam meus neurotransmissores com as melhores sensações. Comecei a pesquisar sobre festas. Não só sobre o chá de bebê, batizado ou aniversários do meu filho, mas sobre os mais variados temas. Fui atrás de tendências, de cores, de estilos, de sabores e percebi que meu filho traria mais do que uma nova vida repleta de descobertas maternas para mim. Ele trouxe um novo prazer, um hobby!

Demorou um pouco para o Aventuras ir para o ar, com todas as ideias que eu tinha guardadas em minha mente. Na verdade, não postei nem um milésimo do que eu gostaria por aqui. Mas o importante é que a semente do bem que a existência do Theo fez brotar na Priscila profissional, contagiou a Samantha e hoje juntas somos mais felizes como pessoas e como jornalistas, porque trabalhamos com o lado mágico da vida e o, melhor, podemos compartilhar mais tempo junto dos nossos pequenos.

Percebemos que é importante trabalhar com o que nos faz bem e com conteúdos que não prejudiquem a nossa qualidade de vida. Continuamos atendendo clientes de saúde? Sim, claro! Mas aqueles que trazem soluções positivas e não falam de tragédias. Mas falamos também de Moda, Bem-Estar, Gastronomia e novidades criadas para melhorar o mundo que conhecemos hoje de alguma forma.

Sobre as festas, não vamos nos tornar decoradoras de festa. Apesar de amar fazer isso para o meu filho, não pretendo tornar isso uma carreira, porque escrever e pesquisar continua sendo o que mais me dá prazer na vida. A diferença é que agora, com as nossas Aventuras podemos compartilhar nossos achados sobre festas, programação, decoração, Moda, gastronomia com outras mães. Enfim, tudo aquilo que nos faz bem, se tornou nosso objeto de estudo diário.

E, voltando ao que ficou do Workshop das Comadres… Foi uma grande oportunidade de redescobrir onde nasceram os sonhos que percorro agora e compartilho com a Sam e nossas leitoras, diariamente, além da resposta à questão que uma das palestrantes, a excelente Norma da Matta, Consultora de Mídias Sociais, da Ponto de Referência, nos fez pensar ao final do encontro: Qual é o meu sonho para um futuro próximo?

A resposta é simples, mas digna de uma boa canceriana sonhadora: Transformar a vida de outras mães que amam estar com seus filhos, que curtem festejar e querem aproveitar a vida, ao invés de deixá-la passar diante dos olhos. Como? Primeiramente inspirando-as a se aventurar em busca de uma vida profissional tão prazeirosa quanto as descobertas que a maternidade traz. Em segundo, ocupando os espaços urbanos com a alegria do convívio familiar. Vamos começar a planejar as formas de fazer isso e, em breve, vamos compartilhar mais com vocês!

Sobre o Workshop ficam ainda os registros de pessoas queridas que conhecemos por lá e a bonita mesa de festa junina que produzimos juntas para comemorar o sábado produtivo de mães sonhadoras que estão em busca de um mundo melhor, FESTEJANDO.

Abaixo as fotos que tirei pelo celular. As oficiais foram realizadas pela Brisa Foto e poderão ser conferidas na página das Comadres.

Eu e as Comadres Carol e Dani no II Workshop das Comadres

Eu e as Comadres Carol e Dani no II Workshop das Comadres

Detalhe da mesa produzida pelo Atelier Cris Jacobsohn, as Comadres e a ajuda das participantes do Workshop

Detalhe da mesa produzida pelo Atelier Cris Jacobsohn, com bolo de paçoca com chocolate da Celina Leal Cake Designer com peças da Je Decor

 

Confeito Design

Duas novidades da Confeito Design: a bicicleta gourmet  e os mini cupcakes com pipeta de goiabada.

Duas novidades da Confeito Design: a bicicleta gourmet e os mini cupcakes com pipeta de goiabada.

Oficina super bacana da Decorar com Flores para fazer móbiles florais e outra ensinando a fazer bandeirinhas.

Oficina super bacana da Decorar com Flores para fazer móbiles florais e outra ensinando a fazer bandeirinhas.

Suspiros saborosos que derretem na boca da Les Bisous

Suspiros saborosos que derretem na boca da Les Bisous

Máscaras de Feltro

Máscaras de Feltro da Daniela Santos

Biscoitos e a novidade: os pirulitos transparentes da Mãe com Açúcar

Biscoitos e a novidade: os pirulitos transparentes da Mãe com Açúcar

Novo Kit das Comadres criado para as Festas Juninas

Novo Kit das Comadres criado para as Festas Juninas

Saborosos cupcakes da Celina Leal

Saborosos cupcakes da Celina Leal

Macarons da Carla Daudt decorando a mesa de forma criativa num ralador

Macarons da Carla Daudt decorando a mesa de forma criativa num ralador

Biscoitos decorados da Mãe com açúcar e brigadeiros de paçoca da Pimentas Cake

Biscoitos decorados da Mãe com açúcar e brigadeiros de paçoca da Pimentas Cake

 

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

2 ComentáriosDeixe seu comentário

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *