Aventuras Maternas

10 dicas úteis para lidar com as novidades da maternidade

11700843_881883861879430_9023013281147276494_nUma vez escutei em algum lugar que ter um filho é igual fazer uma tatuagem na cara. É pra sempre. Por isso, pense muito antes de tomar essa decisão. Mas, uma vez que você decide, pode ter certeza que você viverá uma grande aventura e um amor sem fim.

Existem vários tipos de mães: aquele estilo “maternal”, que larga tudo para se dedicar aos pequenos; aquela que não muda nada com a chegada do filho, contrata babá, faz de tudo pra fazer com eles acompanhem seu ritmo e que tenham tudo de bom; tem a mãe aventureira, que carrega o filho nas costas em suas viagens; tem a esportista; a super saudável; e enfim, a mãe moderna (e mais comum nos dias de hoje), que se multiplica em mil para ser profissional e cuidar dos filhos e da família, sem deixar cair o padrão de qualidade. Enfim, independente do tipo de mãe, todas se dedicam e dariam a vida por seus filhos. Você descobre um amor que até então era desconhecido e que você é capaz de coisas que nunca imaginaria.

Não existe um manual, mas quando o bebê nasce você automaticamente sabe o que fazer. Porque o amor e o instinto que vem acompanhado é a magia da maternidade. Óbvio que você vai ler e pesquisar muito sobre como cuidar do seu bebê e como lidar com as adversidades de ser mãe. Por isso, destacamos algumas dicas para você se preparar quando a hora chegar.

nojinho-principal_0Sabe aquele nojinho que temos de cocô, meleca, vômito e xixi? Pois é, parece mentira, mas você vai lidar muito com isso (e bem) e vai até achar normal. Quando você vira mãe você se torna meio MacGyver e ganha o poder, por exemplo, de trocar uma fralda (de cocô ou xixi) em qualquer lugar e em qualquer posição que a criança esteja, acredite! Muitas vezes você não vai encontrar um banheiro com trocador, ou simplesmente um banheiro. Você pode estar presa no meio do trânsitmaxresdefaulto ou prestes a embarcar em um avião. Acredite, essas coisas (ou piores) podem acontecer e você vai se sair bem!

DICA: Não importa a idade do seu filho, ande sempre com lenços umedecidos e de papel, álcool em gel, rinosoro, fraldas (se ainda for o caso, as up and go são ótimas opções se você estiver na rua) e uma muda de roupa.

 

mae-filho-600x400– Antes de mais nada NÃO SE CULPE. De nada. Com ajuda (família, marido, empregada) ou sem, você pode ter certeza que está dando o seu melhor. E seu filho vai saber disso. Só se preocupe em mostrar o quanto você o ama e de rir muito com ele. Não importa o problema ou adversidade, quando vocês estiverem juntos riam uma para o outro.

DICA: mesmo se você estiver muito cansada, irritada ou chateada, tenha um momento especial com o seu filho, mesmo que seja por 10 minutos, assistam um desenho/filme, joguem, colem figurinhas. Mas faça algo que te dê prazer também. Fazer forçado não funciona. Tem ser bom para os dois.

– Nada é impossível pra você. Não tenha medo. Já deixei de fazer muitas coisas por medo (ir na piscina do prédio ou ir à praia sozinha com ele), aí o tempo passa e você perde o momento. Existem várias formas de se virar

Da Kanga Boo, à venda na Etsy.com

Suporte de tecido para colocar em carrinho de supermercado.

com o seu filho. No mercado, shopping, consultório médico, laboratório. Já passei por situações em que tive que levar meu filho sozinha para esses lugares e sempre damos um jeito.

DICA: No supermercado experimente colocá-lo naqueles carrinhos para crianças, onde elas brincam de dirigir, vale pegar algo gostoso para ele se distrair, até mesmo um joguinho (nessas horas isso ajuda). Tive que fazer vários exames recentemente e, em algum deles, tive que levá-lo comigo. No ultrassom ele ficou sentado vendo a imagem do exame pela televisão e eu ficavam explicando o que era o quê. Já quando fui tirar sangue, ele sentou no chão ficou me olhando, fez uma cara feia e disse “tadinha da minha mamãe”. Então, sempre olhando pra ele, falei “que nada filho é só uma picadinha de mosquito que a gente nem sente”, fiz várias caretas e depois fomos lanchar.

 

mc3a3e-e-filha-no-banheiroO banheiro é o seu santuário. Tá certo que quando o bebê nasce o nosso banho é algo cada vez mais rápido. Porém, se você tiver alguém pra ficar com seu filho, use o momento do banho como se fosse uma terapia. Relaxe, chore, se cuide.

DICA: Se estiver sozinha e o baby for pequeno ainda, coloque ele na cadeirinha de alimentação, bebê conforto ou chiqueirinho dentro do banheiro com você.

 

MADRE_29_2013Ser mãe não é uma maravilha sempre. Tem horas que você quer gritar, chorar, sumir….seja pelo cansaço, pelas estripulias e mal criações do filho. Você é um ser humano e não tem que estar feliz sempre.

DICA: Nessas horas recorra ao pai, avó, leve pra brincar com as primas na casa dinda, deixe ele vendo desenho. Ou seja, peça ajuda!

 

919022_519457504779140_703392465_o-Ninguém vai morrer se você não arrumar aquela bagunça! Já imaginou você atrás do seu filho catando a bagunça dele? Você vai viver mal humorada e cansada, e não vai aproveitar o seu filho.

DICA: Dê um tempo, deixe ele livre, brincando. Depois, ou até no dia seguinte, chame ele pra te ajudar a arrumar e faça disso uma brincadeira.

 

 

 

mulher-arruma-a-bagunca-da-sala-mulher-arruma-brinquedos-e-roupas-no-chao-sofa-aspirador-mulher-estressada-arrumando-a-casa-1353934182903_956x500-600x313– Mãe não é empregada. Aproveitando a deixa da dica acima, procure desenvolver a independência do seu filho. Deixe ele tentar fazer as coisas sozinho. Comer, andar, brincar, arrumar!!!

DICA: Quando seu filho chegar da escola, mostre pra ele onde ele deve guardar o sapato. Como ir ao banheiro sozinho, como tomar banho. Eles mesmos procuram essa independência conforme vão crescendo, nós é que somos super protetores (ou apressados e ansiosos) e queremos fazer tudo por eles.

 

estudio-demuestra-personas-critican-infelices_TINIMA20130115_0448_5Cada um é cada um, ninguém é igual. Portanto, não critique outros pais, não dê ouvidos à criticas, selecione os “pitacos” que as pessoas adoram dar, não se estresse, e, principalmente, não se compare. Cada um cria o seu filho de uma maneira diferente, cada um tem uma vida e uma criação diferente. Só dê sua opinião se for solicitada. Não existe coisa mais chata do que te dizerem o que fazer ou não com o seu filho.

DICA: Nesse caso, a única dica é “ouvido de mercador”, conhece a expressão?

 

1525184_687741057924980_1281169502_nSeu círculo de amizades pode diminuir. Existem muitas pessoas sem filhos que não entendem como funciona a rotina de uma mãe. E por isso exigem a sua presença tal qual quando você era solteira. Hello?? Não rola. Eu já tive caso das minhas amigas virem muito me visitar em casa, já levei muito o Arthur para sair com elas. Mas no geral, você entra em uma rotina que, quando não está fazendo programa de família ou trabalhando, tudo o que você que é ficar em casa e dormir! E se suas amigas não entenderem….só lamento!

DICA: Acho bem bacana programas em casa com suas amigas e dê uma folga pro maridão também curtir com os deles. Isso faz bem. Se seu filho não tiver com quem ficar, coloque ele na roda e deixe-o participar. Com certeza ele vai dormir logo e você vai poder aproveitar.

 

como-preparar-uma-noite-romanticaTenha uma vida romantica e sexual (pelo menos umas duas vezes no mês)! É muito bonitinho quando você anuncia que está grávida! A família fica toda feliz e muitas vezes dizem “não se preocupe, estamos aqui pra te ajudar, pro que der e vier”. Aham….vai nessa! Cada um tem a sua vida e ninguém é obrigado a ficar de babá do seu filho pra você poder namorar. Porém, se a sua família segue o conceito “família” ao pé da letra, tenho certeza que sua mãe ou sogra não vai se importar em ficar uma noite com o netinho querido para você jantar com o maridão. Não é mesmo vovó????

DICA: Eu costumava levar o Arthur para a minha mãe e ficar um tempo lá até ele dormir, assim eu ficava mais tranqüila e ela também. Mas nem sempre isso dá certo. Tenha na manga estratégias como festa do pijama com as primas ou acampamento com a vovó.

 

 

 

         

Sobre o autor Ver todos os posts

samyleal

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *