Aventuras Maternas

São tantas perguntas…

LUNA_Still_03Por que? Como? Quando? Onde? São tantas perguntas, que parece que temos uma “Luna” morando conosco o tempo todo. Por volta dos 3 anos, começa a tal fase dos questionamentos e tem horas que me sinto uma filósofa diante de tantas questões difíceis sobre a existência humana.

O primeiro ponto na hora de responder é falar a verdade. É claro que romanceio um pouco, porque ele espera que eu faça isso. Se respondo apenas o básico ele fica me olhando com aqueles olhos de Gato de Botas do “Shrek”, como se fosse muito sem graça a verdade nua e crua. E é claro também que conto a verdade coerente à idade dele, sem tantos detalhes complexos.

Abaixo, reuni as perguntas mais comuns por aqui e como costumo responder as tais verdades romanceadas:

1 – Como eu cheguei na sua barriga?

Resposta: A mamãe e o papai resolveram ter um bebê lindo e carinhoso. Por isso, pedimos ao Papai do Céu, rezando, que ele enviasse para a barriga da mamãe um dos seus anjinhos. Então, Ele atendeu o nosso pedido e você entrou na barriga da mamãe de um tamanho bem pequenino, uma semente menor do que um feijão. Foi crescendo, crescendo, até que a tia Laura (obstetra) tirou você de lá de dentro e finalmente pudemos nos encontrar.

2 – O que acontece quando a gente morre?

Resposta: Ninguém sabe essa resposta direito e o importante é aproveitarmos muito o tempo em que estamos juntinhos aqui, sendo bons, solidários e carinhosos. Quando tivermos que descansar nossos corpos de tantas aventuras, provavelmente iremos para um lugar especial que é aquele com o qual sonhamos.

3 – Por que as pessoas morrem?

Resposta: Porque o nosso corpo cansa de tantas aventuras e precisamos encontrar novas formas de nos divertimos sem sentir dores ou incômodos. Você estava em um lugar diferente, voando com suas asinhas de anjo e depois irá para outro lugar especial viver novas aventuras.

4 – Por que você precisa trabalhar?

Para podermos aproveitar ao máximo nossas aventuras por aqui. Para podermos viajar, festejar, brincar, comer, vestir roupas, ir ao parque. Tudo que fazemos é pago com moedas. E precisamos nos esforçar para ganhar tudo na vida. Para conseguir experimentar um bolo saboroso, você teve que aprender a mastigar um mamão aos seis meses. Para conseguir ler um livro, você precisa aprender as letras do alfabeto, para conseguir ter uma profissão, você precisa estudar e para conseguir viajar, você precisa trabalhar e juntar moedas. Tudo na vida é uma conquista e esse é o grande sabor de viver.

5 – Por que eu preciso ir pra escola?

Para subir a escada de conquistas. Para conseguir cortar, colar, aprender letras, desenhar, poder ler um livro, fazer amigos, trocar ideias, descobrir talentos e saber no final do tempo escolar o que você vai fazer na vida para ganhar as moedas e conquistar seus sonhos.

6-Pra onde minha comida vai depois que eu como?

Primeiro você mastiga com os dentes, depois a comida passa pela garganta, desce para o estômago e se separa em vários órgãos. Uma parte é aproveitada pelos ossos, outra pelos músculos, outra pelo sangue. Tudo para você ficar fortão. O que não é bom, está sujo ou fedorento vai para o lixo (o intestino ou a bexiga) e sai no xixi ou no cocô.

7 – Por que os animais da TV falam e na vida real não?

Porque eles são de mentirinha. São desenhos que ganharam movimentos na televisão e foram criados para você se divertir imaginando como seria se os bichinhos falassem.

8 – O que acontece com o meu dente se eu comer muita bala?

A nossa boca tem várias minhoquinhas bem pequeninas, loucas para comer o açúcar que a gente mastiga. Quando a gente come balas, todo açúcar que está nelas fica preso nos dentes. Se não escovarmos bem os dentes na hora que engolirmos a bala, as minhoquinhas começam a morder os dentes para tirar o açúcar e vão fazendo pequenos buraquinhos, que chamamos de cáries.

9 – Por que algumas pessoas não tem perna ou não enxergam?

Resposta: Todos nós estamos aqui na Terra para aprender alguma coisa. Uns perdem pessoas que amam, outros são solitários, alguns têm dificuldades para falar, uns não tem uma casa boa para morar. Tem gente que fica muito doente no hospital, crianças que perdem o papai ou a mamãe.

Todo mundo tem alguma dificuldade para que possamos aprender algo importante por aqui. Tem gente que parece ter menos dificuldade, mas aprende através da dificuldade dos outros.  Os problemas fazem parte dos nossos desafios e são eles que fazem as conquistas serem mais saborosas.

10 – Por que crianças morrem se vivemos até ficarmos velhinhos?

Resposta: Porque alguns anjinhos não poderiam ter vindo para a barriga das mamães. Eram muito necessários perto do Papai do Céu, ou então, já tinham aprendido tudo rápido demais.

                              

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *