Aventuras Maternas

Um presente de Natal ou um amigo para a vida toda?

toystory2-06Quem se lembra do presente de Natal que deixa Buzz e Woody preocupados em perder o carinho do Andy no final do primeiro Toy Story? Acerta quem diz que é um cachorro, o Buster, um basset fofinho! Sim, o famoso “melhor amigo do homem” rouba a cena diante de qualquer presente que uma criança possa ganhar na vida, mas está longe de competir com um brinquedo, porque um animal é um novo membro da família, é alguém para dividir alegrias, tristezas e muitos cuidados.

Por isso, se você está pensando em dar um “au-au” ou gatinho para seu filho no Natal, vale pensar além dos benefícios de presenteá-lo com algo que ele quer muito. Afinal, ter um animal é uma delícia, é divertido, mas é preciso estar pronto para ceder tempo, carinho e atenção ao pet. Se até tudo Ok, então saiba que inúmeras pesquisas mostram os benefícios que essa parceria traz para dentro de uma família e um animal doméstico pode ajudar, inclusive, as crianças a socializarem com outras pessoas.

Mas se você pensa em escolher uma raça e encomendar um bichinho na pet shop, da mesma forma que faz com o brinquedo, vale repensar e buscar nas feiras de adoção, um irmão peludo para seus filhos. Afinal, ao adotar um animal, os pais passam para os filhos uma mensagem importante sobre respeito e valorização da vida. Já que vidas não são compradas e não deveriam ter preço. Além disso, estarão coibindo a venda de animais e trazendo para o convívio da sua família mais um membro que lhe será grato e leal pelo resto da sua vida. “Uma criança só terá benefícios ao conviver com um animal de estimação. Ela aprenderá a dividir, a ser responsável, a cuidar, a se importar com o outro, a proteger e amar incondicionalmente. Mas, é claro, que os pais devem dar o exemplo e incentivar boas atitudes em seus filhos, jamais permitindo quaisquer  tipo de maus tratos.”, alerta Ana Paula Lacerda, jornalista e funcionária pública que atua voluntariamente em feiras de adoção.

E por falar em feiras, todos os finais de semana, muitas acontecem em vários bairros. E lá são encontrados animais, normalmente, já vermifugados, vacinados e castrados – se forem filhotes, o novo dono já sai com a castração marcada para o período liberado pelo veterinário, já que bebes não podem ser castrados. Porém, alerta Ana Paula, “antes de escolher um animal, é importante ter consciência de que ele tem necessidades que devem ser supridas, como boa alimentação; água fresca e limpa; cuidados veterinários; esterilização; um local limpo e arejado, onde esteja protegido do sol e da chuva; e atenção. Se você não puder dar o básico, não compre e não adote.”, enfatiza.

Mas qual seria o animal ideal para uma família? O que seria melhor, um bebê ou um adulto? Essa resposta vai depender do tempo que você terá para se dedicar. Realmente, o apelo do filhote é irresistível. No entanto, ele requer muita atenção e cuidados. É bagunceiro, a maioria destrói muitas coisas e vai precisar do vermífugo, vacinas – as três doses -, castração. Já um adulto, virá pronto. Tanto em relação a estes cuidados, quanto à personalidade, temperamento e porte, que já estarão definidos e não haverá surpresas. Infelizmente, como diz Ana Paula, ainda há ainda muito preconceito em se adotar um animal adulto. Porém, vale lembrar, ambos são adoráveis.

E para adotar um animalzinho é necessário ser maior de 18 anos, levar original e cópia da identidade, do CPF e de um comprovante de residência. Filhotes não castrados, em geral, não podem ser adotados por residentes de municípios fora o Rio de Janeiro. E para que os organizadores das feiras tenham certeza que encontraram um bom lar para os bichinhos, todos os interessados ainda passam por uma entrevista.

Foto: site Earth Porm

Foto: site Earth Porm

kids-with-cats-211__605

A seguir, separamos algumas feiras que vão acontecer nos próximos dias. Visite, conheça, converse com os protetores. Quem sabe está ali o futuro membro da sua família?

  • Projeto Resgate de Animais na Praça Nelson Mandela, em Botafogo – todos os domingos

  • Feira do Largo do Machado, no Largo do Machado – todo sábado

  • Feira da Praça Saens Pena, na Tijuca – todas as sextas e sábados

  • Campanha de Adoção Indefesos na Praça do Ó, na Barra da Tijuca – 18 de dezembro (retorna 21 de janeiro de 2017)

  • Campanha de Adoção do Grupo Mãos & Patas no Supermercado Carrefour, na Barra da Tijuca – 17 de dezembro

  • Campanha de Adoção Grupo Pequenas Patinhas Carentes, no Calçadão de Campo Grande (em frente a C&A) – 16, 17 e 30 de dezembro

  • Feira de Adoção Adote seu melhor amigo, no Campo de São Bento, em Icaraí – 18 de dezembro

 

Sobre o autor Ver todos os posts

Redação

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *