Aventuras Maternas

O malabarismo dos pais para conciliar o home office e os filhos

Com a pandemia da covid-19, os desafios para os pais se tornaram ainda maiores e muitas famílias se viram obrigadas a desenvolver uma nova rotina. Afinal, com as escolas fechadas, o afastamento familiar e dos amigos e uma nova rotina de trabalho remoto, o núcleo familiar precisou se adaptar às novas necessidades. 

Conciliar o home office, as crianças, a escola e os cuidados da casa têm sido um desafio para a maioria dos pais. Anna Carolyna Diniz, empresária e fundadora da BeFaster – School of English, é mãe de 3 e conta os desafios que está enfrentando. “Acredito que, no meu caso, o mais difícil é conciliar as três crianças tendo idades diferentes. O mais velho tem 8 anos, a do meio 4 e a mais nova 3. Ou seja, as crianças estão em momentos diferentes de fase de aprendizado. Enquanto o mais velho já precisa “entender” que ainda tem aula e que agora é pelo computador, mas sem os amiguinhos e a professora; a mais nova só quer brincar e mexer em tudo. Então, como mãe, eu sinto que preciso entender isso, e entender também que assim como está difícil para mim, está difícil para as crianças que não conseguem ainda ter a dimensão das coisas que estão acontecendo”, comenta Carolyna. 

Para muitos pais esse é um desafio e tanto, com as crianças tendo aula online, agora a responsabilidade de os auxiliar e os supervisionar de perto passa a ser muito maior. Eles precisam o ajudar a entrar na aula, com as tarefas, mas o mais difícil é fazer os filhos entenderem que é importante que eles prestem atenção. Afinal, se até para nós adultos é difícil focar muito tempo numa tela de computador, imagine para uma criança.

“Apesar de tudo, eu tenho sorte, pois, mesmo em meio a pandemia, consigo contar com uma rede de apoio, não como antes, mas ainda tenho auxílio com as crianças e a ajuda do pai que é extremamente importante. Porque enquanto eles estão supervisionando as crianças eu consigo me dedicar ao trabalho”, conta Anna Carolyna.

Uma rede de apoio nesse momento sem dúvida ajuda muito, muitos conseguem contar com os avós que moram junto ou com algum outro membro que possa ajudar com as crianças. Mas, alguns pais não possuem ajuda alguma, tendo que criar um ambiente em que um possa ajudar o outro. 

“A verdade é que não existe uma forma mágica para lidar e conciliar tudo, cada família irá se adaptar de uma maneira a essa realidade temporária, mas é importante tentar criar uma rotina e manter a constância na mesma, com horários para cada coisa, as crianças tendem a entender melhor as coisas, quando os pais conseguem manter uma constância, com horários para almoçar, ver televisão, brincar com pais, ler um livro, por exemplo” finaliza, Carolyna. 

Tente levar essa nova realidade com pensamento positivo, porque as coisas tendem a dar certo quando você acredita que irá dar certo e apesar de todas as dificuldades, busque ver o lado bom também. Em poder acompanhar o crescimento dos filhos mais de perto, dando uma maior atenção a eles e se fazendo mais presente. 

Informações: Assessoria de Imprensa.

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *