Aventuras Maternas

A música e seu poder no ensino

Já dizia o ditado popular “quem canta, seus males espanta”. E por que não contribuir de forma ativa no aprendizado também? O ato de cantar, de aprender a tocar um instrumento musical ou de estar em contato com atividades musicais em ambiente escolar pode trazer benefícios incalculáveis para crianças de todas as idades.

A presença da música na escola se faz importante porque além de estimular a criatividade e a sensibilidade musical, contribui para todo o processo de aprendizagem acadêmico e sócio-emocional, tornando o aprender algo muito mais prazeroso e completo. “A música contribui para o processo de aprendizagem de maneira global nas áreas da linguagem, comunicação, raciocínio lógico e também desenvolve habilidades de autogerenciamento, atenção e socialização”, explica Susan Clemesha, Diretora Acadêmica da Sphere International School.

Na escola, que oferece ensino bilíngue e internacional, o ensino da música se faz presente na grade curricular desde a sua concepção, em uma prática transdisciplinar e também como uma atividade extracurricular para um processo de especialização. A escola conta com dois profissionais especializados em Educação Musical: uma professora para o Ensino Fundamental Anos Iniciais e outro que atende as crianças na Educação Infantil e no Ensino Fundamental Anos Finais.

A metodologia do ensino de música na Sphere inclui aulas com conteúdos teóricos e práticos com o aluno participando de toda criação e construção musical. “As aulas de música têm por objetivo levar os alunos a obter uma consciência musical e apreciação da música em toda a sua forma, de todos os tempos, lugares e culturas, com o estudo, a exploração dos sons e o expressivo uso de elementos musicais por meio do canto e do uso de diferentes instrumentos”, afirma Susan.

Ensino de música em ambientes bilíngues

Apesar da linguagem musical ser universal, em uma escola bilíngue e internacional, o ensino é diferenciado, pois a música se torna uma ferramenta para o desenvolvimento do vocabulário e da fluência em outro idioma, facilitando e fazendo com que o aluno avance no aprendizado.

São inúmeros os estudos que atestam que a música atua de maneira positiva no aprendizado de uma língua estrangeira. Um desses estudos, realizado pela Escola de Música da Universidade de Edimburgo, na Escócia, concluiu que cantar em uma língua estrangeira ajuda no aprendizado desse idioma.

A música traz o contexto necessário para que a motivação para a aprendizagem de outras línguas seja despertada. Para as crianças pequenas, o ensino é feito de forma mais lúdica explorando o canto, o corpo e instrumentos de percussão. Para os adolescentes, é dado mais ênfase ao canto e na prática instrumental em formato de bandas.

Para que alunos e professores vivenciem a prática musical de maneira ampla e intensa, a Sphere disponibiliza salas de música com equipamentos de som e instrumentos variados. A escola também mantém um programa chamado “Banco de Talentos”, onde os alunos têm a oportunidade de vivenciar música com profissionais da área. Nele, os convidados participam de encontros em que compartilham detalhes de sua carreira, tirando dúvidas e inspirando os jovens.

Informações: Assessoria de Imprensa.

Além disso, os aprendizados musicais são compartilhados com toda a comunidade escolar em eventos como carnaval, festa junina e a International Party, a festa de encerramento do ano letivo. Pais e alunos são convidados a compartilhar seus talentos musicais no dia da família, na festa aos avós e apresentações são programadas de acordo com os temas da semana literária, quando os alunos escolhem com seus professores canções relacionadas aos seus estudos.
A prática pedagógica do ensino musical também envolve outros ecossistemas fora do ambiente interno da escola, como a participação dos alunos em projetos comunitários onde acontece a apresentação em asilos e abrigos infantis.

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *