Aventuras Maternas

Escola de Passarinhos

Logo no prefácio do livro, quando o filósofo e escritor Mario Sergio Cortella descreve como assertiva a decisão de João Marcos Mendonça em publicar o livro “Escola de Passarinhos”, fica clara a necessidade de uma obra mais leve, bem humorada e até reflexiva sobre as “encrencas” do ensino remoto e da educação a distância, no dia a dia da escolarização emergencialmente domiciliar no período de pandemia.

Essencialmente professor, Cortella conhece bem os desafios da sala de aula e está intimamente familiarizado com o ambiente escolar, acadêmico.

A obra de João Mendonça se propõe a dar asas à imaginação e traduzir o diálogo entre os passarinhos, assombrados pelo silêncio de uma escola vazia. Afinal, pra onde foi todo mundo? Em tirinhas publicadas desde o final de 2019, pouco antes do período pandêmico até os dias atuais, João Marcos faz uma analogia sobre um ser humano com asas, que enfrenta, cada um do seu jeito, as dificuldades para voar, viver. E na pele de um passarinho, hora como aluno, hora como professor vai trazendo as aflições do ensino a distância, o desespero dos pais diante de um turbulento vendaval de tarefas virtuais e outras dezenas situações que a pandemia impôs.

“Escola de Passarinhos” é uma obra para quem quer aproveitar o voo, curtir a paisagem. Afinal de contas, a pandemia nos levou para destinos imprevistos e improváveis, e por mais que ao fim do dia estejamos em galhos diferentes, estamos todos repousando numa mesma árvore.

Informações: Assessoria de Imprensa.

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *