Aventuras Maternas

Casa Ronald McDonald Rio de Janeiro – 20 anos de atuação em prol da causa do câncer infantojuvenil

As Casas oferecem hospedagem, alimentação, assistência social,transporte e suporte psicossocial para crianças e jovens com câncer e seus familiares

Todo mundo já ouviu falar na Casa Ronald McDonald, mas você sabe como essa instituição funciona? A casa que há 20 anos atua no apoio à rede pública de Saúde no tratamento do câncer infantojuvenil, não se beneficia apenas de 1 dia de McLanche Feliz.

A unidade foi a primeira da rede a ser construída na América Latina e já beneficiou mais de 2.700 crianças e adolescentes com câncer. Hoje, são seis Casas Ronald McDonald no Brasil e mais 300 casas similares espalhadas por 30 países.

casa-ronald5Tendo passado por duas expansões neste período, a casa hospeda anualmente 650 pacientes, vindos de várias partes do país. Segundo Sonia Neves, presidente da Casa Ronald McDonald Rio de Janeiro, o apoio prestado na unidade é decisivo para que o paciente possa cumprir o tratamento e fazê-lo de uma forma mais humanizada. “Estou muito feliz em fazer parte dessa trajetória. Neste período, a instituição já acompanhou diversas histórias de superação, provando que a solidariedade pode transformar muitas vidas”, comemora Sonia Neves.

A história

A primeira Casa Ronald McDonald no Brasil teve origem por causa de um momento difícil na vida da família de Sonia Neves. Ela e o marido, Francisco Neves, engajaram-se na causa do combate ao câncer infantojuvenil após Marcos, o filho caçula, falecer em 1990, aos nove anos de idade. A família conheceu o projeto porque durante o tratamento do menino, em Nova York, hospedaram-se em uma Casa Ronald McDonald.

De volta ao Brasil, Francisco fundou o Grupo de Recreação infantil do INCA (Instituto Nacional de Câncer) e, junto com Sônia e um grupo de amigos, passou a realizar trabalhos voluntários no INCA, ajudando famílias que enfrentavam problemas semelhantes.

Em 1991, quando o McDonald’s dedicou a campanha McDia Feliz ao INCA, Francisco Neves sugeriu à direção nacional da empresa a implantação de uma casa no Brasil. Três anos depois, foi inaugurada a primeira Casa Ronald McDonald, no Rio de Janeiro, construída graças à arrecadação do ano anterior. Francisco foi escolhido para liderar o grupo responsável pela administração da instituição.

A manutenção da instituição no Rio de Janeiro é garantida por meio de doações, realização e participação em eventos beneficentes, bem como associação de membros contribuintes. Para mais informações acesse www.casaronald.org.br

Solidariedade em números

Em 20 anos de atuação, a Casa Ronald McDonald:

  • Hospedou mais de 2.700 crianças e adolescentes
  • Conta com 452 voluntários ativos na Instituição e 3.200 no McDia Feliz

 

Sobre o autor Ver todos os posts

samyleal

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *