Aventuras Maternas

Extração de leite materno é um ato de amor

doar leiteDia 19 de maio, comemora-se o Dia Internacional de Doação de Leite Materno e confesso que essa data é muito simbólica para mim, porque sempre me relembra que eu poderia ter feito mais enquanto amamentava.

Como ja contei aqui, eu amava amamentar, intensamente. Juro que não tenho nenhum senão sobre esse período. Mas eu nunca consegui extrair leite. Toda recém-mãe cria uma neura e a minha era de que a melhor coisa que eu poderia fazer era não mexer no que estava dando certo. Eu ficava com medo de dar a xuquinha com leite para ele, e ele não querer mais o peito, então preferia levá-lo para todos os lugares comigo. Ficava nervosa com o fato de congelar e fazer algo errado na conservação. Tudo me preocupava.

Hoje sei que armazenar é algo simples e mesmo que você como eu, não queira dar seu leite na mamadeira, existem inúmeras mulheres que precisam do leite materno para alimentar seus filhos, por variados motivos, até mesmo por não terem mais o seio, como é o caso de mulheres mastectomizadas.

Então, se eu pudesse voltar no tempo ou se tivesse outro filho, certamente, eu faria diferente em relação à extração. O Brasil faz parte das nações que compõem a Rede de Bancos de Leite Humano. Cerca de 23 países da América Latina já aderiram ao projeto e como forma de comemorar as vidas salvas e doações conquistadas irão celebrar a data.

Segundo a ONU, aproximadamente 165 milhões de crianças estão desnutridas em todo o mundo, a taxa de mortalidade chega a nove crianças por minuto e os Bancos de Leite Materno surgiram com o objetivo de mudar essa realidade. Podem participar todas as mães que estão com produção em excesso de leite, desde que não estejam fazendo uso de antibióticos. Algumas mães ficam receosas de extrair o leite destinado aos seus filhos e não ter mais quantidade suficiente, porém quanto mais estímulo para produção, maior será a quantidade de leite.

doacao

Recebi as dicas sobre como fazer a coleta pela Lolly Baby, marca que possui produtos que auxiliam a extração e a reserva do leite materno, entre eles as Conchas de Amamentação, que são indicadas para evitar os vazamentos e facilitar a formação do bico mamário, o Tira Leite, para a extração do leite, e o Pote para armazenamento de leite líquido. Confira:

Segundo o Ministério da Saúde, para realizar a coleta, a mãe deve entrar em contato com um Banco de Leite. Na internet é possível verificar o endereço de todas as unidades pelo site: (http://www.redeblh.fiocruz.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=356).  A coleta deverá ser realizada após a mamada do bebê ou quando as mamas estiverem cheias.

Antes de retirar o leite, o Pote para Leite Líquido deverá ser lavado com sabão e água e mergulhado em água quente durante 15 minutos. Em seguida, deixe o recipiente secar virado para baixo. Ao realizar a retirada do leite, os cabelos deverão permanecer presos e as mãos higienizadas. Posteriormente, recomenda-se massagear por toda extensão das mamas e comprimir suavemente com os dedos repetindo o movimento por diversas vezes. Os primeiros jatos de leite de leite devem ser desprezados e depois de iniciada a coleta. O líquido coletado deverá ser armazenado no congelador.

 

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *