Aventuras Maternas

Biblioteca itinerante Livre.Ria volta à Lagoa Rodrigo de Freitas

IMG-20140831-WA0002O Livre.Ria, que acontece neste domingo, dia 14 de dezembro, vai levar jovens e crianças para o universo literário. O projeto, que visa estimular o hábito de leitura no cotidiano dos cariocas e chamar a população para ocupação de espaços públicos, terá sua segunda edição na Lagoa Rodrigo de Freitas, na altura do Parque dos Patins. Idealizado pela Diálogo Urbano, agência de Live Marketing  dos sócios  Luiz Calvão e Bárbara Soledade, Livre.Ria traz o conceito de Urban Haking, termo que vem da ideia de “hackear” as cidades, quebrando suas limitações e tornando os espaços mais bonitos e habitáveis. Trata-se da ocupação de espaços públicos com uma biblioteca colaborativa, estimulando a leitura na cidade.

A última edição atraiu mais de 600 pessoas ao longo do dia e cerca de 280 livros foram doados pela população em uma dinâmica de colaboração simples: traga dois livros da sua prateleira e leve um livro da nossa. O evento terá outros atrativos: áreas para piquenique feitos pela Amélia Gastrô, contação de história a cargo da Sol de Brinquedo e  a banda Bagunço comanda a música instrumental. Já no fim da tarde, a partir das 16h, as escritoras Marina Ivo e Fernanda Barreto irão doar 10 exemplares de seu novo livro para o projeto, além de fazer uma leitura em conjunto com o público e uma oficina de pintura para estimular a reflexão sobre a obra.

O projeto conta com parcerias especiais, como as editoras Nova Fronteira, Agir e Thomas Nelson Brasil, que fazem parte da Ediouro. Na primeira edição, o grupo doou 300 livros e nessa o número de doações será ainda maior. “Queremos estimular a leitura no dia a dia das pessoas, mostrar que unindo nossos esforços junto a outras iniciativas podemos melhorar os índices de leitura no país. A primeira edição do projeto atraiu muitos visitantes, que perceberam o quão fundamentais são para modificação da relação atual entre brasileiros e livros, e ressaltar também a importância de iniciativas que integrem o espaço público à sociedade .”, argumenta Bárbara Soledade.

Dados de leitura no Brasil

Para a maior parte da população, bibliotecas são espaços dedicados à pesquisa e ao estudo. Frequentar esses locais por prazer é algo que apenas 12% dos brasileiros fazem. Locais públicos, como praças e parques, também são subutilizados, pois somente 2% dos habitantes usufruem desses espaços para ler. Cerca de 17% da população afirma que frequentaria bibliotecas se elas fossem mais acessíveis ou próximas de suas casas ou locais de trabalho. Esses dados são da pesquisa “Retratos da Leitura no Brasil”, de 2011, realizada em parceria pelos institutos Pró-Livro e Ibope, revelando ainda que a leitura é a atividade escolhida para o tempo livre de apenas 28% da população. As razões para tal desinteresse envolvem diversas razões como falta de tempo, impaciência, dificuldades físicas, entre outras.

Serviço

Livre.Ria – Biblioteca colaborativa itinerante

Local: Lagoa Rodrigo de Freitas – altura do Parque dos Patins

Data: 14 de DezembroHorário: 9h às 17h

Evento gratuito

https://www.facebook.com/pages/LivreRia/617086511648407

IMG-20140831-WA0010

Sobre o autor Ver todos os posts

samyleal

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *