Aventuras Maternas

Para pular fogueira sem se queimar

festa juninaJunho começou e, com ele, o período de festas caipiras, que segue até final de julho pela cidade. Com comidas deliciosas que lembram os quitutes de uma fazenda, fogueira, brincadeiras e um clima divertido com muita música e colorido que as crianças adoram, vale lembrar que embora seja uma época de alegria, todo cuidado é pouco com os pequenos nessas festas.

Para começar, pense no que vai dar para o seu filho comer. Alem dos temperos e comidinhas mais gordurosas, como cocadas, paçocas e cachorros quentes de rua, tome cuidado com a embalagem que vem cada produto. Queijo coalho, por exemplo, tem o palito que é muito perigoso (assim como a maçã do amor). Caldinhos, normalmente servidos em potinhos plásticos e mais frágeis, correm o risco de virar em cima dos pequenos sem supervisão. Churrasquinhos (também no palito), normalmente, se apresentam em pedaços grandes de carne, que podem engasgar os de menor idade. Prefira os milhos e caldinhos mais leves, que têm menos tempero e menor probabilidade de causar algum mal-estar nas crianças.

Na hora das brincadeiras, que normalmente acontecem dentro de barraquinhas, não os deixem sem supervisão também. Areia, varas de pescar e fogueiras podem representar um perigo real para eles. É claro que os pais não vão proibir seus filhos de se divertirem. Porém, todo cuidado é bem-vindo. Por isso, o melhor é os pais participarem em parceria. Segure a vara de pescar com ele, pule longe da fogueira para evitar qualquer faísca e prefira brincadeiras longe daquela caixa de areia dura e suja usada em alguns brinquedos, especialmente para os pequenos, pois ela pode machucar os olhos ou até ser ingerida.

Quando for vesti-los a caráter, um dado chama a atenção, embora nem sempre se perceba. Algumas crianças têm alergia a maquiagem, aquelas usadas para fazer os bigodinhos, pintinhas e afins. Além disso, as roupas, especialmente para as meninas, com muitas rendinhas, podem causar desconforto e coceira. Por isso, antes de colocar seu filhote todo preparado para a festa, pense em possíveis alergias que possam ter. Imagine eles saírem para se divertir e depois ficarem empolados. Não é legal, né?

Esses alertas não são, de forma alguma, um motivo para não curtir as festas caipiras. Afinal, com os devidos cuidados, você e seu filho vão poder dançar a quadrilha, pular a fogueira e se divertir muito.

Sobre o autor Ver todos os posts

Alessandra Ceroy

Jornalista, mãe da Paçoca, Bela, Igor, Magrela, Gonçalo, Cinco peludos que habitam em suas memórias e coração, sendo que os três primeiros já estão no céu.
Alê vai contar por aqui algumas dicas sobre sua paixão pelos cães e informações importantes para deixar a relação entre pets, crianças e toda família ainda mais gostosa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *