Aventuras Maternas

10 formas de evitar o uso do plástico na nossa rotina

19402690_10208594934063592_918911491_o
Não basta separar o lixo, não basta reciclar. É preciso mudar de atitude em relação ao excesso do uso de plástico no planeta. Mas, se a nossa vida anda toda em torno deste material, da sacola de compras à fralda do bebê, como fazer para reduzir o uso dele e minimizar o impacto ambiental de produtos feitos com base neste elemento que demora até 450 anos para se decompor?

Seguem abaixo 10 dicas simples que podemos adotar no nosso dia a dia em substituição ao plástico:

1. Use ecobags nas compras do mercado;
2. Mas o que faço com lixo doméstico, se não trago sacolas do mercado? Separe o lixo reciclável direto em lixeiras próprias para cada material: plástico, papel, metal e vidro. Não é necessário saco para isso. Basta despejar o lixo novamente nos latões que muitos prédios já possuem. Mas, se no seu não existem essas latas, existe ainda uma empresa chamada Ciclo Orgânico, que faz a coleta domiciliar e ainda entrega sacolas biodegradáveis para separar o lixo orgânico, faz compostagem e entrega o composto para servir de adubo para nossas plantinhas em seguida. Aliás, também podemos fazer uma composteira orgânica em casa para resolver a questão dos resíduos orgânicos, como cascas de alimentos;
3. Evite o uso de canudos de plástico com crianças pequenas, prefira os de papel ou os copinhos de transição;
4. Embale os lanches em sacos de papel craft vendidos em papelarias grandes por cento e com valores acessíveis e esqueça o filme de PVC;
5. Tenha uma caneca ou garrafinha individual, ao invés de usar dezenas de copos plásticos em sua rotina. Outra dica boa é levar sempre uma garrafinha com água de casa, para evitar a compra de garrafas de água mineral na rua;
6. Quando cozinhar e precisar do filme de PVC, você pode usar um pano para conservar massas enquanto crescem e usar tampas de silicone que mantém os alimentos guardados na geladeira hermeticamente fechados;
7. Se for comprar balas ou biscoitos em embalagens plásticas, prefira os que vem com quantidade maior para reduzir os mini saquinhos que são dispensados na mesma hora. O grande vai para casa, pode ser compartilhado em porções menores e separado ou reciclado logo em seguida.
8. Prefira embalagens de vidro para guardar alimentos em casa. Apesar do vidro demorar infinitamente mais anos que o plástico para se decompor, 1 milhão de anos (!!!), ele pode ser amplamente reutilizado e da mesma forma que demora para se decompor, tem vida útil se for mantido bem limpo.
9. Diga não à goma de mascar. Além de prejudicar os dentes de toda a família e fazer o estômago esperar uma comida que não vem, os chicletes contêm plástico na fórmula, por isso encontramos aquele grude em mesas escolares em perfeito estado após anos e anos. Eca!
10. Na hora de comprar vegetais ou frutas no mercado, procure escolher quantidades menores, até mesmo para evitar descarte depois. Ex: um cacho de banana, não precisa ser ensacado, assim, como um molho de espinafre também não. A mesma sujeira que ele pegaria no carrinho, está sujeita na gôndola e no transporte até ali. Então, o importante é lavar bem em casa com cloro para o consumo e levar a granel, sem o plástico para embalar, quando for assim em pequenas quantidades.

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *