Aventuras Maternas

Paula Zukerman dá dicas de brincadeiras simples na quarentena

Estamos em um momento que toda criatividade do mundo não basta para colocar a criançada em movimento. Por isso, Paula Zukerman, mãe, influenciadora e conhecida pela criatividade e pelo movimento “faça você mesmo”, listou algumas brincadeiras que podem tornar o dia mais leve e divertido.

1 – Boliche reciclável

Para montar uma pista de boliche na sala de casa, é muito fácil! Você vai precisar de garrafas descartáveis, rolos de papelão ou copos descartáveis, materiais que sejam leves e fáceis de derrubar. Coloque os em formato triangular, é legal ter 10 unidades empilhadas. A bola pode ser de meia, um sapato, ou até mesmo um bichinho de pelúcia. E está feito! Encontre um lugar que tenha uma distância bacana para servir de pista e é só se divertir!

2 – Pista de carrinho de fita adesiva 

Para construir a sua própria pista de carrinho, é preciso ter em mãos uma fita crepe apenas. No chão do quarto, você pode colar a fita criando várias direções e usar objetos que já tem em casa para formar obstáculos a serem enfrentados nesse caminho.

3 – Cabana

Brincar de cabana nos sofás da sala é uma brincadeira que não sai de moda. Junte os sofás e no meio dele prenda um ou dois cabos de vassoura que serão a sustentação da cobertura. Cubra os sofás com lençóis, apoiando-os no cabo e está armada a sua cabana! Use almofadas e cobertores para deixar essa aventura mais confortável.

4 – Descubra de quem é a sombra

Você vai precisar de uma lanterna e objetos variados. Apague todas as luzes e aponte a lanterna acesa para a parede. Com seu filho um pouco mais a frente para que ela não veja o que está segurando, direcione o objeto para a luz projetando a sombra dele na parede. Agora é só deixar a imaginação do pequeno fluir tentando adivinhar o que você está segurando.

5 – Cabo de guerra

Monte uma barreira com travesseiros e almofadas e separe o espaço em dois campos, separando também um time para cada lado com o número igual de competidores. Estique uma corda e comecem a puxar, cada um para o seu lado. Quem ultrapassar a barreira primeiro, perde.

Informações: Assessoria de Imprensa.

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *