Aventuras Maternas

Muito pique para divertir a criançada em Ouro Preto e Mariana

14124214_10206395563520703_438819288_oSe o seu filho ainda precisa do carrinho na maior parte do tempo, talvez nem valha a leitura desta sugestão de destino. A não ser que você tenha muita energia para fazer os passeios com o bebê no colo ou levando o carrinho nos braços. Tirando esta pequena complicação, Ouro Preto é uma cidade perfeita para levar crianças em fase de descobertas. Quanto mais curioso for seu filho, melhor. Se gostar de história, então… O destino é perfeito!

Passamos 4 dias na cidade que foi o berço da Inconfidência Mineira e onde há cerca de 300 anos ingleses e portugueses exploraram todo ouro que puderam em minas subterrâneas.

Como são cerca de 6 horas de viagem até lá e queríamos curtir uma viagem calma e relaxante, fomos até Juiz de Fora, onde tomamos um café da manhã tranquilo na Salva Terra (onde tem o melhor pão de queijo que já provei) e seguimos até o destino final, onde já chegamos atrasados para o almoço.

Confiram os melhores pontos de nossa viagem. Quem sabe inspiram você e sua família!

14138967_10206395565000740_1964357805_oHotel

Ficamos hospedados no Hotel Pousada do Arcanjo, que além de super charmosa, contava com um café da manhã daqueles que de tão completos impediam de escolher uma opção só, e além disso, sempre trazia uma novidade dia após dia. Quer dizer, nada de deixar para amanhã o que pode comer hoje. Por lá também fomos recebidos por um personagem vestido como no século dezoito e à noite, as chamas de um tocheiro, como na Vila Rica dos tempos coloniais iluminava o casarão (nem preciso dizer como o filho achou o máximo). Além disso, todas as noites, o hotel proporciona um singelo chá com biscoitos e doces regionais, onde o Theo fazia questão de estar todos os dias, às 18h. Outra ótima qualidade do local é o transporte oferecido pelo hotel para nos levar e buscar à Praça Tiradentes (ponto central da cidade).

E para quem se preocupa com sustentabilidade como nós, vale destacar ainda que este foi o primeiro hotel contemplado com o Prêmio Sebrae MG de Práticas Sustentáveis Empresa Destaque, em 2011, contando com painéis de energia solar, sugestões e soluções de consumo consciente para os hóspedes, coleta seletiva e muito mais.

Passeios

14139080_10206395564200720_2071627944_oCaminhamos muito pela cidade, subimos e descemos várias vezes e curtimos cada detalhes daquelas ruelas históricas. No primeiro dia fizemos uma vista geral de tudo para esticar as pernas e escolher com calma por onde começaríamos no dia seguinte, afinal este seria o dia dos museus e igrejas e não queríamos deixar nenhuma de fora.

As Igrejas são apaixonantes, repletas de afrescos e esculturas do Aleijadinho. Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar, Igreja Nossa Senhora do Rosário, Santuário da Imaculada Conceição, São Francisco de Assis e tantas outras. Tudo com muito ouro e tesouros de séculos atrás, além de trajes e instrumentos que nossas crianças nem sonhavam existir.

Entre os passeios imperdíveis estão:

  • Casa dos Contos: lá há uma senzala que reúne uma série de objetos de tortura utilizados para controlar escravos. Não é dos passeios mais alegres com crianças, muito pelo contrário, especialmente a parte da senzala. Mas vale a pena ir ver a exposição de moedas antigas.
  • A Igreja de São Francisco é bem central, fica ao lado da feirinha de peças em pedra sabão. E é lá que fica o Museu do Aleijadinho. Essa igreja é a que achamos mais linda, com um altar incrível e todo esculpido em ouro. Assistimos à missa por lá e foi impossível não perder a atenção admirando cada detalhe.

14137833_10206395563120693_1638780575_n

  • Igreja Nossa Senhora do Carmo: Muito frequentada pela aristocracia de Vila Rica, atual Ouro Preto, a Igreja Nossa Senhora do Carmo foi construída em meados do século XVIII. Os visitantes podem conferir de perto obras de Aleijadinho, entre outros artistas famosos. Tem uma linda escadaria onde é possível fazer belas fotos. Vale descer por elas, para subir a rua detrás, onde está o lindo Teatro de Ouro Preto.

14087553_10206395564720733_104059253_o

  • Museu da Inconfidência: o próprio nome já diz do que se trata. Nos perdemos totalmente ali dentro. E fiquei só imaginando uma criança que esteja no 4º ano do Fundamental. É aprendizado na veia! Por ali tem o inquérito que acabou levando Tiradentes à forca.
  • Teatro Municipal de Ouro Preto: O Teatro Municipal, também conhecido como Casa da Ópera, seu nome há muitos anos, é considerado o mais antigo da América do Sul, em funcionamento. O teatro foi palco de diversas peças barrocas mineiras. Vale a pena conhecer e se imaginar nos tempos antigos. Ficamos imaginando uma peça de Shakespeare encenada por ali ou Claudio Manoel da Costa declamando suas poesias.
  • Matriz de Nossa Senhora do Pilar: Igreja mais rica e requintada de Minas Gerais, Nossa Senhora do Pilar consumiu mais de 400 quilos de ouro e de prata em pó para ornamentar as talhas da nave e da capela-mor. O projeto da construção, erguida entre 1711 e 1733, é atribuído a Pedro Gomes Chaves, sendo a talha da capela-mor executada por Francisco Xavier de Brito. Por toda a obra estão espalhadas centenas de esculturas de anjos. Na sacristia da igreja funciona o Museu de Arte Sacra, repleto de peças do século 18.

14191836_10206395563560704_1030539453_oO Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas é um destes programas imperdíveis que nenhum site sugere (não sei por que). Foi um de nossos programas preferidos e o favorito do filho. Ali funciona também o Museu de Mineralogia, criado pelo francês Claude Henri Gorceix, fundador da Escola de Minas. Possui nove setores de exposição: História Natural, Metalurgia, Siderurgia,Desenho, Topografia, Astronomia e Eletrotécnica. São mais de 30.000 peças vindas de todas as partes do mundo. Repleto de pedras preciosas de todos os tipos, fósseis de variadas espécies animais e experimentos interativos de Física (onde as crianças piram!)

A maior parte das igrejas cobra uma taxa de R$2,00 e os Museus cobram R$10,00 para entrada. Vale ir preparado com dinheiro no bolso, mas a cidade tem agências de todos os maiores bancos.

14139056_10206395562280672_2036009095_o  Visitar Mariana! A cidade vizinha de Ouro Preto, onde houve o terrível desastre com a barragem há 2 anos, continua linda e merece ser muito visitada por turistas. Existem duas formas de ir: de carro para visitar as minas de ouro no caminho e de trem. Valem as duas opções!

  • 14152177_10206395562520678_1968518726_oA maior mina de ouro aberta para visitantes em todo o mundo, a Mina da Passagem está no caminho entre as cidade de Ouro Preto e Mariana. O passeio é super caro, pelo que oferece,R$ 60,00 por visitante. Mas, como não estamos ali todos os dias, acabamos pagando para conhecer, né? Mas é bem legal! Sentamos num carrinho de mineração que leva os turistas para dentro de um dos túneis. Sob as rochas de minério de ferro foram extraídas mais de 35 toneladas de ouro e hoje existem minas de água que mergulhadores usam para treinar mergulho em caverna. A água é límpida e cristalina, mas eu não me atreveria, nem poderia, pois as águas são repletas de minerais perigosos à saúde e somente profissionais treinados têm autorização para entrar naquelas águas, com moderação.14087528_10206395564440726_1688362998_o
  • Trem da Vale: dá pra ir de Ouro Preto a Mariana e voltar! É um passeio de 50 minutos, com vista bonita! As crianças em geral se divertem no passeio de trem. O valor é R$50,00
  • 14139168_10206395564240721_55841885_oIgrejas Gêmeas de Mariana: Localizadas na Praça de Minas Gerais (uma das Sete Maravilhas da Estrada Real), as duas igrejas foram construídas na mesma praça financiadas por famílias diferentes que brigavam para ver quem tinha mais prestígio. Foi essa a lenda que nos contaram e, apesar de não serem realmente gêmeas, são bastante parecidas e ficam num largo bem charmoso, onde o filho aproveitou para correr e se divertir com liberdade.
  • O troféu de local mais agradável da viagem vai para a Praça Gomes Freire, uma lindíssima e agradável praça rodeada de casarões do século XVIII, que serve como ponto de encontro para os moradores da cidade. Poucos minutos na praça são suficientes para sentir a paz que o local transmite, além de um ar puro, cercado por muito verde. Brincamos muito por ali!

Melhores pratos!

14191493_10206395564560729_1129943209_o– O Passo Pizza Jazz: O restaurante mais charmoso da cidade, com uma super vista para o jardim da Casa dos Cantos e um espaço gostoso para as crianças brincarem. Além disso, a comida é maravilhosa! A pizza é a comida do local, mas fomos para almoço, onde tinham pratos executivos. Cada um de nós pediu uma salada e um prato principal com sobremesa e o preço era compatível com o que era oferecido. Gastamos cerca de R$100,00 para os três.

– Restaurante Contos de Réis: o mais famoso restaurante da região é instalado na senzala de um autêntico casarão do secculo XVIII e preserva duas das maiores riquezas de Minas: a beleza arquitetônica e a tradicional comida mineira servida em panelas de pedra e deliciosos doces caseiros, servidos em tachos de cobre e acompanhados do famoso queijo minas. R$35,00 o buffet por pessoa e criança não paga. Não deixe de experimental o pastel de polenta (uma perdição!!!)

– Ópera Café – um restaurante na rua principal do comércio com um cardápio enlouquecedor de doces lindos e onde comemos o melhor filé mignon aperitivo com geleia de jabuticaba. Por ali também tem várias opções de sopa.

– Café Cultural Ouro Preto – um livraria café para passar a tarde. Dentro do espaço do SESC Ouro Preto, o cardápio do local oferece opções de lanches saborosos, várias possibilidades de chás deliciosos que custam R$6,00 e são servidos no bule de ferro.

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *