Aventuras Maternas

Entenda o ciclo menstrual no pós-parto

Ciclo menstrualAtraso menstrual! Esse é um dos principais alertas do corpo de uma mulher para uma possível gravidez. E isso acontece por um motivo muito simples e natural: o ciclo menstrual consiste no desenvolvimento e do espessamento da parede interna do útero – o endométrio. “Caso a gravidez não aconteça, as células endometriais se desprendem da parede uterina provocando o sangramento. A menstruação tende durar entre dois a sete dias”, explica a Ginecologista e Obstetra Dra. Erica Mantelli

Mas e depois do nascimento? Por que a menstruação demora tanto a se normalizar?

Primeiro vamos explicar o que é aquele  sangramento que acontece imediatamente após o nascimento e que pode durar até 40 dias. “Ele não é menstruação! O sangramento ocorre porque o corpo está eliminando o material que revestia o útero durante a gestação”, explica a ginecologista.

Depois desse processo, a mulher ainda permanece sem ovular durante meses, ou seja, ela ainda não irá menstruar. “Isso acontece devido aos hormônios que são produzidos durante o aleitamento materno e que bloqueiam a ovulação”, diz a Dra. Erica.

O ciclo menstrual tende voltar quando a mãe começa a diminuir a amamentação, ou seja, em geral, retorna quando o aleitamento deixa de ser exclusivo e o bebê se alimenta com fórmulas ou alimentos sólidos.

Se a mulher não quiser uma gravidez surpresa ela pode iniciar o uso do anticoncepcional. “O período mais seguro para a mulher não engravidar é no máximo dois meses após o parto. Depois desse período é recomendado que ela inicie algum método contraceptivo”, esclarece a ginecologista.

Um dos métodos utilizados para evitar uma gestação na sequência é a pílula anticoncepcional, que não deve ser tomada sem recomendação médica. “A mulher deve se consultar com o seu médico para que ele indique uma pílula para pós-parto a base de progesterona. Apesar de essas pílulas conterem doses baixas de hormônios, elas protegem a mulher de uma gravidez indesejada”, recomenda a médica.

Quando devo me preocupar no pós-parto?
É importante que a mulher procure o seu ginecologista se notar alterações no sangramento pós parto como:

  • Sangramento intenso
  • Apresentar coágulos;
  • Cheiro ruim;
  • Sentir febre e calafrios.

Sobre o autor Ver todos os posts

Priscila Correia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *